Campanha site

Bate-papo com Ney Barreto, técnico do Americano. Confira!


  • Parada Técnica
  • 23 de Maio de 2022 | 11h22
 Pedro Siqueira/AFC
Pedro Siqueira/AFC

Olá, senhoras e senhores! Nesta primeira publicação da coluna esportiva "Parada Técnica", irei trazer para vocês um bate-papo muito bacana com Ney Barreto, técnico do Americano, que disputa a Série A2 do Carioca.

No último sábado (21), o Americano derrotou o Macaé pelo placar de 3x1 no Ferreirão, em Cardoso Moreira. Com a vitória na quarta rodada, o Americano chegou a liderança do Grupo A com sete pontos.

Nessa resenha, o técnico Ney Barreto falou sobre a última vitória do Canão diante da equipe do Macaé, expectativa para o próximo duelo contra o Olaria e também fez uma avaliação momentânea do seu trabalho até aqui. Confira!

Rhyann: Qual a avaliação que você faz desse último jogo contra o Macaé?

Ney Barreto: O jogo contra o Macaé foi difícil, como já esperávamos. Sabíamos que eles iriam buscar ao menos o empate que manteria eles na nossa frente, então a gente observou bastante. É uma equipe que tem uma  defesa muito sólida, jogadores experientes, um treinador também muito experiente, mas que também tem muita qualidade de saída de bola. Mas nosso time teve paciência, maturidade, bem concentrado para poder virar o jogo, segurar uma parte da pressão do adversário e depois no final, ampliar o marcador. Foi um jogo com várias nuances, como o pênalti que poderia ter mudado o jogo a favor do Macaé, ou como o nosso pênalti que poderia ter ampliado o placar, enfim. A equipe se portou bem, fomos merecedores da vitória.

Rhyann: Nesses quase dois meses no comando, como você avalia o trabalho feito no alvinegro até aqui?

Ney Barreto: Tem sido um trabalho árduo, mas muito satisfatório. É uma equipe que foi montada com bastante cuidado, buscando trazer os jogadores ideais para as funções, dentro do nosso modelo de jogo e dentro do orçamento do clube, óbvio. Eu tô muito satisfeito com o trabalho que tem sido desenvolvido até agora. Claro que poderíamos ter um desempenho um pouco melhor, mas o trabalho em si tem sido bem feito, com muita tranquilidade, com responsabilidade, buscando as vitórias e grandes resultados.

Rhyann: Qual a expectativa para o duelo contra o Olaria na próxima rodada?

Ney Barreto: Será um jogo difícil, como todos que foram. A competição é muito equilibrada, é um jogo fora de casa. O Olaria também ganhou o seu último jogo, então ainda tem chances de classificação, vai ser um jogo difícil. Temos que estar muito focados, concentrados e entender aquilo que o jogo pede. Como também precisamos da vitória. A gente também não pode perder muito a nossa essência, que é jogar pra frente e buscar o resultado, mas sempre com equilíbrio, pois temos que defender bem pra não sofrer gols. Vai ser um jogo não tão diferente do que tivemos até agora.

Rhyann: A Série A2 é um campeonato super difícil e apenas um clube sobe. Qual a receita para chegar à elite do futebol carioca?

Ney Barreto: Se eu soubesse a receita com exatidão, eu não dividiria, guardaria pra mim (risos). Mas falando sério, o jeito é trabalhar, procurar o equilíbrio, sendo ofensivo, sem descuidar da defesa, buscar os melhores ajustes para obter os resultados. Essa é a realidade de uma Série A2, difícil e complicada. São 12 equipes, com uma vaga só, então esse equilíbrio faz a competição ser dura. Aproveitar pra sempre estar pontuando, de preferência sempre ganhando, pois os três pontos vão deixando a gente mais próximo do objetivo final.

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *