Campanha site

Campos do passado e presente: Uma nova história


  • Opinião NF
  • 13 de Dezembro de 2021 | 10h51
 Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Quem, no ano passado, imaginaria que o município de Campos estaria vivendo o que vive hoje. Salários em dia, bônus extraordinário para os servidores da ativa, reformas completas de diversos bairros, obra de estruturação em hospitais, entre outros vários avanços. Aquela cidade do desespero, salários atrasados por meses e falha nos serviços básicos morreu e deu vida a uma nova história, a uma nova Campos. 

Durante todo o período em que a gestão anterior governou vivemos um verdadeiro caos. Fim dos programas sociais e restaurante popular, atrasos épicos nos repasses aos hospitais contratualizados, dispensa em massa e atraso de 6 meses nos salários dos trabalhadores em regime de RPA, escândalos na Saúde e Educação e muitas outras maledicências que transformaram o antigo governo num dos piores que Campos já viu. Mas, repito, aquela Campos morreu.

A cidade respira novos ares. E sem ir muito longe, podemos lembrar que, somente neste mês, ainda sem o abono extraordinário, a Prefeitura de Campos injetou mais de 156 milhões de reais na economia local. Em Outubro foram mais de 200 milhões. E no mês que vem, Janeiro, além dos salários, serão mais 27 milhões, outro mês em que o município deverá fomentar a sua economia em números recordes.

Além do ajuste das contas executado pelo prefeito Wladimir Garotinho, um fator importante foi o trabalho pelo chamado "dinheiro novo". Corte nas despesas e aumento das receitas. Alguns desses milhões vieram de Brasília, via emenda parlamentar, mas a sua grande maioria através da parceria com o governo do Estado. O governador Cláudio Castro tem sido um grande aliado de Wladimir na reconstrução da cidade.

Ainda há muito a ser feito, mas reconstruir leva tempo. Que a nossa cidade siga pelo mesmo caminho, olhando pra frente. Campos merece muito mais.

2 Comentários

Comentar

Campos Obrigatórios. *