Vereadores de Campos discutem projeto que altera Código Tributário Municipal

A reunião foi com o secretário Marcelo Mérida


19 de Julho de 2021 | 16h32

O presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, Fabio Ribeiro (PSD), recebeu, nesta segunda-feira (19), o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Mérida, para discutir as mudanças no Código Tributário. Participaram do encontro os vereadores Álvaro Oliveira (PSD), Leon Gomes (PDT), Silvinho Martins (MDB), Marcione da Farmácia (DEM), Pastor Marcos Elias (PSC) e Dandinho de Rio Preto (PSD).

Fabio Ribeiro explicou que o Poder Executivo esteve com os setores produtivos para discutir a proposta que altera o Código Tributário Municipal. Por isso, o secretário Marcelo Mérida foi compartilhar as sugestões dos setores com os vereadores, apresentando o que foi debatido com essas entidades.

“Existe um dilema que é muito importante para o futuro do nosso município. Haja vista que existe um Termo de Ajustamento de Gestão no Tribunal de Contas onde passa a questão do equilíbrio fiscal do nosso município. Hoje, a regularidade de pagamento dos funcionários, a capacidade de investimento do nosso município pode ser aumentada ou diminuída, ou até mesmo chegar a zero”, explicou o presidente do Legislativo.

De acordo com Fabio Ribeiro, o diálogo com as categorias e a união em favor do desenvolvimento do município são fundamentais para superar o momento de crise. “Estamos aqui tentando mais uma vez o diálogo. Vamos procurar o setor produtivo, as associações de moradores, o próprio SIPROSEP e todos os sindicatos. Porque é um momento importante para todos, então nós vamos trazê-los a essa discussão”, ressaltou.

“Hoje a Câmara está assumindo o protagonismo dos debates. É importante que esse debate seja realmente para todos e não restrito a meia dúzia de pessoas. Estamos conversando com os nossos pares para que todos façam parte desse processo. Vamos ouvir quem a gente tem que ouvir que é o povo. Quem a gente representa realmente é o povo de Campos”, concluiu o presidente da Câmara.

Marcelo Mérida também destacou a necessidade do diálogo e da interação. “É fundamental continuar com esse diálogo permanente, que passa por esse processo do Código, mas que passa por todos os setores importantes do nosso município. Hoje, atendendo ao chamamento do presidente e seus pares, nós viemos dar ciência da manifestação das entidades de classe para com a demanda do Código. Então hoje, também, de uma forma muito clara, a Câmara Municipal tem ciência e é autora do maior protagonismo porque ela é quem vai votar e interagir com toda a sociedade”, afirmou o secretário.

Fonte: Ascom 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.