Centro de Triagem completa 6 meses de funcionamento com mais de 26 mil atendimentos

Macaé foi a primeira cidade do estado do Rio de Janeiro a entrar na zona verde


17 de Setembro de 2020 | 15h21

Uma das grandes referencias das ações do poder executivo no combate a Covid-19, o Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus  completa 6 meses de funcionamento nesta quinta-feira (17). Ao longo desses meses, o local realizou 26.423 atendimentos, se tornando uma das principais medidas no controle a doença. 

A criação do Centro de Triagem foi determinada no Decreto 030/2020 para atendimento exclusivo a pacientes com quadro sugestivo da doença, no antigo Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas. Com atendimento 24h, o local conta com uma equipe interdisciplinar formada por médicos clínicos, pediatras, fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, bióloga, agentes administrativos, auxiliares de serviços gerais e condutores de ambulância. 

No local, foram realizados 9.505 testes, sendo 4.139 testes rápidos com 1.639 reagentes e 5.366 por PCR (swab) com 2.202 detectáveis. Atualmente, foram realizados em todo município 30.211 testes, sendo 7.385 positivos. 

Além da criação do Centro de Triagem, o governo municipal adotou outras providências importantes na prevenção e combate ao coronavírus. Barreiras sanitárias; isolamento social com suspensão de aulas e atividades laborais; criação do Centro de Cooperação Inter hospitalar, composto por todos os hospitais públicos e particulares do município;  uso obrigatório de máscaras; Bolsa Alimentação para alunos da rede municipal;  criação do Centro Municipal de Quarentena, higienização de locais públicos e testagem em massa foram algumas dessas ações. 

Diante de tantas medidas determinantes, Macaé foi a primeira cidade do estado do Rio de Janeiro, a entrar na zona verde do grau de contaminação. O município encontra-se na fase de menor risco da Covid-19, com a taxa de reprodução de 0,81.  

Fonte: Ascom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.