Prefeitura e Bombeiros preparam cartilha para auxílio a eventos

O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (15)


16 de Março de 2018 | 11h19

A Prefeitura de Campos, através da superintendência de Entretenimento e Lazer, prepara uma cartilha com o passo a passo para a realização de eventos em área pública aberta ou não, dentro do município. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (15), pelo superintendente adjunto, Fabiano Gomes, durante palestra promovida pela superintendência e a Coordenação Norte e Noroeste Fluminense do Corpo de Bombeiros (1º GSE). O público-alvo do encontro foram promotores de evento, responsáveis por casas noturnas, prestadores de serviços médicos e representantes de secretarias, fundações e superintendências municipais. 

— Estamos reunindo aspectos importantes na realização de eventos para constar nesta cartilha. Sugestões também são aceitas. Nosso foco principal de eventos, tanto os realizados pelo poder público tanto os da iniciativa privada, é a segurança de todos. É garantir que os eventos sejam realizados dentro das normas previstas em lei e que tudo transcorra dentro da normalidade — frisou Fabiano Gomes. 

Ainda segundo Fabiano, neste mês completa um ano a criação do documento único que facilita a vida dos organizadores de evento. “Antes, dependendo do tipo de evento, era preciso ir a até 15 órgãos municipais. A partir da criação do Nada Opor Único, a superintendência de Entretenimento e Lazer encaminha os pedidos de autorização para os demais órgãos municipais”, disse o superintendente adjunto, que informou ainda que a Prefeitura se prepara para publicar no Portal oficial a lista dos eventos com autorização, em cumprimento à legislação federal. 

Chefe da seção de Liberação de Eventos do Corpo de Bombeiros, major Garcez abordou a Resolução 83/16, da Secretaria Estadual de Defesa Civil (Sedec), que trata da avaliação de riscos em eventos realizados em todo o estado. No ato do pedido, é preciso informar estimativa de público, tipo de evento, público-alvo, tempo de duração de evento, croqui, entre outros. 

Já os responsáveis pelo GSE, Major Vivaldo e Tenente Fabiano demonstraram o passo a passo da avaliação de risco do evento no aspecto médico e suas devidas responsabilidades. Esse material também fará parte da cartilha que está sendo elaborada.

Fonte: SupCom
 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.