Casos de conjuntivite deixam a secretaria de saúde em alerta em Quissamã

Somente no hospital foram registradas 51 notificações


12 de Março de 2018

O secretário de Saúde Ricardo Tigre informou que foram identificados no Hospital Mariana Maria de Jesus e nas unidades de saúde do município, na semana passada, um aumento de casos de conjuntivite do tipo viral. Somente no hospital foram registradas 51 notificações . A doença oftalmológica é contagiosa e exige alguns cuidados.  

“Essa é uma doença que acomete os olhos, que ficam avermelhados, com sensação de estarem com areia e com dificuldade de enxergar, além de apresentar lacrimejamento. É transmitida, principalmente, pelas mãos e por objetos contaminados, por isso a importância de lavar as mãos constantemente e, ao identificar uma pessoa que seja portadora da doença, evitar compartilhar o uso de toalhas, fronhas e outros objetos”, informou o secretário.

Segundo Tigre, é importante, ao constatar o agravamento, procurar a unidade de saúde mais próxima para receber o atendimento médico específico. Mas também falou de medidas que podem ser tomadas de imediato, como o uso de soro e/ou água boricada gelada, que ajudam no alívio dos sintomas.

Outra informação importante é a suspensão do uso de lentes de contato enquanto estiver afetado pela conjuntivite e não fazer uso de piscinas. Evitar coçar o olho, já que as mãos contém várias bactérias, o que pode transformar a conjuntivite viral em bacteriana, que é mais grave. O uso de óculos escuros não evita a doença, mas dá alívio ao portador, visto que quem está com a doença tem intolerância maior à luminosidade.

Fonte: Secom Quissamã/NF Notícias

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.