Jovem com câncer terminal morre ao deixar hospital para comer hambúrguer

Com a doença avançando e sem apresentar melhora, Wendrik havia sido internado para receber cuidados paliativos


23 de Março de 2019 | 11h09

Após um ano lutando contra um câncer no intestino, o jovem Wendrik Santos da Silva, de 18 anos, só queria realizar um último desejo: comer hambúrguer. Para satisfazer a sua vontade, o jovem fugiu do Hospital Municipal São José, em Joinville, Santa Catarina, onde estava internado, e morreu após tomar o lanche em uma rede de fast-food.

Com a doença avançando e sem apresentar melhora, Wendrik havia sido internado para receber cuidados paliativos. Na semana passada, o jovem aproveitou um momento em que se viu sozinho e fugiu do hospital em direção a uma lanchonete de fast-food, para tentar realizar um último desejo de comer hambúrguer.

Sem dinheiro, o rapaz se dirigiu à Câmara de Vereadores de Joinville, onde sua mãe já havia trabalhado, e pediu dinheiro a conhecidos. Retornou ao restaurante em seguida, onde comeu o lanche e tomou dois refrigerantes.

Após saciar a vontade, Wendrik passou mal e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Levado de volta ao hospital com fortes dores, o jovem faleceu na última terça-feira.

 

Fonte: Extra/Globo


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Pedro

24/03/2019 | 00h41
Morreu feliz e de bucho cheio.