Google News

Investimentos inteligentes: planeje sua viagem dos sonhos


  • Olhar Econômico
  • 21 de Fevereiro de 2024 | 10h01
 Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mario Quintana definiu muito bem o que uma boa viagem significa em nossa vida quando disse: “Viajar é mudar a roupa da alma”. Conhecer novos lugares, culturas, pessoas e experiências é enriquecedor e divertido.

Uma das principais questões que envolvem o planejamento de uma viagem é o dinheiro. Como juntar o suficiente para pagar as passagens, a hospedagem, a alimentação, os passeios? Como evitar que uma viagem se torne uma fonte de dívidas e estresse?

A resposta é simples: investindo. Falo aqui em fazer o seu dinheiro trabalhar para você, gerando rendimentos que podem te ajudar a alcançar seus objetivos financeiros. Mas como investir para viajar?

O primeiro passo para planejar sua viagem dos sonhos com investimentos é definir seu objetivo e seu prazo. Ou seja, é preciso saber quanto custa a viagem que você quer fazer e em quanto tempo você pretende realizá-la.

Para isso, você pode fazer pesquisas em sites de viagens, blogs e redes sociais, para ter uma ideia dos destinos, das atrações, dos preços e das épocas mais adequadas para viajar. Vale também conversar com pessoas que já fizeram a viagem que você deseja, para pegar dicas e recomendações.

Definido seu destino, é necessário estimar os custos da viagem, incluindo passagens, hospedagem, alimentação, transporte, passeios, seguro viagem, impostos, taxas e outras despesas. Neste momento, abuse dos aplicativos, planilhas ou cadernos para anotar e organizar essas informações.

Em seguida, deve-se estabelecer seu prazo, ou seja, quando você fará a viagem. Isso vai depender da sua disponibilidade de tempo, de dinheiro e de outros fatores pessoais e profissionais. Você pode escolher uma data específica, como um aniversário, um feriado ou uma ocasião especial, ou um período aproximado, como um mês ou uma estação do ano.

O objetivo e o prazo são importantes para definir o valor que você precisa juntar e o tempo que você tem para isso. Por exemplo, se você quer fazer uma viagem para a Europa em dois anos, e a viagem custa R$ 20 mil, você precisa juntar cerca de R$ 833 por mês, ou R$ 27 por dia.

O segundo passo para planejar sua viagem dos sonhos com investimentos é escolher o produto financeiro mais adequado. Existem diversas opções de investimento no mercado, cada uma com suas características, vantagens e desvantagens. Você deve analisar cada uma delas e compará-las com seus critérios pessoais, como:

Rentabilidade: é o quanto o investimento rende em um determinado período. Quanto maior a rentabilidade, mais rápido você atinge seu objetivo. Nota: rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

Risco: é a possibilidade de o investimento ter um rendimento abaixo do esperado ou até mesmo negativo. Quanto maior o risco, maior a chance de perder dinheiro. Nota: risco e rentabilidade estão relacionados - geralmente, investimentos mais arriscados oferecem maiores retornos potenciais.

Liquidez: é a facilidade e a velocidade de resgatar o dinheiro investido. Quanto maior a liquidez, mais fácil é ter acesso ao seu dinheiro quando precisar. Importante: liquidez e rentabilidade também estão relacionados - geralmente, investimentos mais líquidos oferecem menores retornos potenciais.

Tributação: é o quanto o investimento é afetado pelos impostos. Quanto menor a tributação, maior é o rendimento líquido do investimento. Nota: a tributação depende do tipo, do prazo e do valor do investimento, e pode mudar conforme as regras do governo.

Além desses critérios, você deve considerar o seu perfil de investidor, o qual é o conjunto de características que definem sua personalidade, seus objetivos, suas preferências e sua tolerância ao risco.

Hoje, o Consórcio de Serviços também é uma forma inteligente para realizar sua viagem dos sonhos com segurança e planejamento. Não é financiamento, nem empréstimo. Você escolhe um valor de crédito para viajar, investe uma parcela mensalmente e, por meio de sorteio ou lance, é contemplado com o crédito escolhido.

O terceiro e último passo para planejar sua viagem dos sonhos com investimentos é acompanhar seu progresso e realizar seu sonho. Monitorar o desempenho dos seus investimentos, fazer ajustes se necessário, e resgatar o dinheiro quando chegar a hora.

Para acompanhar seu progresso, verifique periodicamente o saldo e a rentabilidade dos seus investimentos, comparando-os com o seu objetivo e o seu prazo. Faça uso de aplicativos, planilhas ou cadernos para registrar e analisar esses dados. Você também pode contar com a ajuda de um assessor de investimentos.

Quando chegar a hora de viajar, você deve resgatar o dinheiro dos seus investimentos, conforme as regras e os prazos de cada um. Planeje com antecedência o momento e a forma do resgate, para evitar surpresas.

Importante também considerar a melhor forma de levar o seu dinheiro para a viagem, seja em espécie, cartão de crédito, cartão pré-pago, transferência internacional ou outra opção. Pesquise as taxas, os impostos, as cotações e as vantagens de cada uma e escolha a que mais se adequa às suas necessidades e preferências. Com o cartão BTG Black você tem várias vantagens, vale conferir!

Finalmente, aproveite sua viagem dos sonhos, sem culpa, sem preocupação e sem dívidas. Curtir cada momento, cada lugar, cada pessoa e cada experiência, sabendo que você conquistou isso com o seu esforço, com o seu planejamento e com os seus investimentos.

Por Paulo Nascimento Filho, empresário, assessor de investimentos pela Ancord, influenciador e criador de conteúdo sobre finanças e educação financeira.

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *