ZAP HOME - VERMELHO

Parlamentares pedem para sair da CPI e oposição pode perder dois vereadores


  • Opinião dos Jornalistas
  • 17 de Outubro de 2023 | 10h29
 Foto: Arquivo/NF Notícias
Foto: Arquivo/NF Notícias

A oposição na Câmara de Campos dá mais um sinal que está começando a ruir. Depois da saída à francesa do parlamentar Marquinho do Transporte, mais dois vereadores dão indícios de que podem pular do barco a qualquer momento. Isso porque foi realizada na manhã desta terça-feira (17) uma reunião para definir os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Educação, na Câmara de Campos. O encontro foi feito com líderes partidários e há rumores de uma possível debandada da oposição.

Para muitos, a CPI está "dançando conforme a música", porém, três vereadores, sendo dois que ainda representam a oposição no Parlamento, pediram para tirar os nomes da CPI.

Segundo fontes, mesmo já protocolada, os parlamentares Anderson de Matos (Republicanos), líder da oposição na Câmara, Luciano Rio Lu (PDT) e Marquinho do Transporte (PDT) não concordam com a condução da CPI.

CPI

No encontro de hoje ficou definido que a CPI será presidida pelo vereador Maicon Cruz (sem partido) além dos representantes partidários – Dandinho de Rio Preto (PSD), Rogério Matoso (União Brasil), Igor Pereira (Solidariedade) e Paulo Arantes (PDT).

Com o pedido de retirada da assinatura dos três parlamentares, o CPI poderá tomar outros rumos, uma vez que nos bastidores, circula que essa CPI tem conotação política, aberta como uma forma de revanchismo da oposição ao governo, após o fim da pacificação e, claro, com as eleições batendo na porta. Como nas novelas, iremos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Por Lucas Arantes 

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *