ZAP HOME - VERMELHO

O escândalo da Ceperj e o que significa para a Câmara de Campos


  • Opinião NF
  • 12 de Agosto de 2022 | 15h18
 Foto: Arquivo/NF Notícias
Foto: Arquivo/NF Notícias

O escândalo dos pagamentos secretos da Ceperj abalou o Rio de Janeiro e, mais especificamente, a Câmara de Campos nas duas últimas semanas. As reportagens do excelente jornalista Ruben Berta, do UOL, revelaram uma lista de mais de 20 mil funcionários ocultos, que sacaram diretamente na boca do caixa mais de R$ 220 milhões em espécie, mesmo sem terem seus nomes publicados em Diário Oficial. E chamou muito a atenção o fato da agência do Bradesco de Campos ser a recordista em todo o estado, com R$ 12 milhões em saques. A apuração jornalística foi tão bem embasada que o Ministério Público abriu uma investigação sobre o caso.

E é muito curioso que logo Campos tenha tamanho protagonismo nas listas da Ceperj. Ex-funcionários, sob o direito constitucional ao anonimato, disseram à TV Globo que um dos beneficiados seria o deputado estadual campista e ex-secretário estadual de Governo Rodrigo Bacellar. Não demorou para pipocar que nomes ligados a 10 dos 13 vereadores de oposição de Campos estavam na tal lista, incluindo assessores, ex-assessores e parentes.

Esses vereadores fazem parte do grupo de Bacellar, que conseguiu formar uma forte oposição na Câmara, ganhando a maioria dos parlamentares. Inclusive com grande parte deles que começaram na base governista e, misteriosamente, mudaram de lado. Por quais interesses isso aconteceu? Bem, talvez agora as coisas fiquem mais claras, mas fica claro que o objetivo é puramente político, de olho nas eleições municipais de 2024. Enquanto isso, prejudicam a administração do prefeito Wladimir Garotinho e acabam atrapalhando a população.

Para se defender, esses vereadores dizem que seus assessores e parentes passaram por processo seletivo, mas também é muito curioso que poucas pessoas além dos próprios vereadores tenham sabido desses processos seletivos. Em um momento de crise econômica, fome, miséria e desemprego, é difícil de imaginar que esses processos não fossem extremamente concorridos, procurados e de conhecimento da população em geral se houve realmente uma ampla divulgação. Ainda mais para cargos com salários tão robustos. 

Outro ponto a ser questionado e investigado é o de que, mesmo que tenham passado por processos seletivos e efetivamente prestado serviços, mas os salários pagos são realmente compatíveis com as funções? Além disso, a Constituição proíbe a duplicidade de cargos públicos. Assessores nomeados na Câmara de Campos não poderiam ter vínculo com o Estado, mesmo aprovados em processo seletivo. Com a palavra, a partir de agora, o Ministério Público.

Os vereadores da oposição bradam que querem fiscalizar os recursos públicos quando falam em diminuir para 5% o limite de remanejamento do orçamento do prefeito Wladimir, que na prática vai engessar a administração pública. Mas são os mesmos vereadores que atacam a imprensa livre e independente, que também tem a função de fiscalizar o que é público. E é justamente isso que vem acontecendo. Nós, jornalistas, temos o dever de informar, de levar à população os fatos e é fato que há investigação sobre os cargos secretos da Ceperj em andamento no MP.

A imprensa reporta, mas a única instituição que pode condenar e afirmar quem é culpado ou inocente é a Justiça. Mas também é curioso que os vereadores ataquem justamente a imprensa e não o Ministério Público, que é responsável pela investigação em si. 

O NF Notícias reafirma seu compromisso com a verdade e a imparcialidade, tanto que temos um código de ética interno que veda completamente a possibilidade de algum de nossos profissionais tenham ligações políticas com quem quer que seja. 

Em mais um ataque rasteiro nas redes sociais, tentam confundir a cabeça das pessoas. Estão promovendo mais uma fake news tentando atribuir ao NF Notícias alguma ligação com a Ceperj. O nosso blogueiro Valdinei Filho realmente prestou serviços à Ceperj, mas, além de não ter outro vínculo público, ele não é funcionário do NF Notícias. Valdinei é um colaborador, que tem o espaço totalmente independente para opinião, sem qualquer relação trabalhista com a empresa. O NF reitera o compromisso com o jornalismo sério e de qualidade, independente de qualquer tipo de ataque. Vamos continuar cumprindo nosso papel.

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *