Campanha site

Melhor estrutura pediátrica da cidade tem recorde de atendimento


  • Opinião NF
  • 23 de Abril de 2022 | 09h03
 Fotos: Arquivo/NF Notícias
Fotos: Arquivo/NF Notícias

Uma unidade de Saúde que presta mais de 300 atendimentos ao dia, com carinho e zelo, não recebe um sequer destaque na mídia. Enfermeiras, médicos e médicas atendem centenas, mas não obtém o devido reconhecimento. Aí, quando algum atendimento atrasa, em virtude da complexidade de cada paciente que demanda algum tempo o caos se instala e os aproveitadores de plantão tentam jogar tudo por água abaixo. Na ânsia de atacar o prefeito, de fazer politicagem, diminuem profissionais da Saúde que dedicam uma vida inteira a salvar vidas. Sobretudo em um momento delicado de muitos casos de doenças respiratórias em crianças devido a mudança de estação.

Dados da unidade, mostram que nas primeiras 12 horas desta sexta-feira (22), foram realizados 243 atendimentos, representando 20 atendimentos por hora. A Clínica está com 3 salas com médicos pediatras atendendo simultaneamente e duas enfermeiras fazendo a classificação e triagem.

A Clínica da Criança, primeira de Campos, feita pelo prefeito Wladimir Garotinho é uma vitória. Eu mesmo estive lá e conheci toda a estrutura que é superior a qualquer unidade de saúde particular do município. Mas há gente sem coração que nunca precisou do SUS e nem sequer fez nada pelo povo pobre de Campos tentando convencer os campistas de que não é lá essas coisas. Criam mentiras e situações falsas para deixar a nossa gente mais humilde ainda mais sem chão. Não caiam nessa.

A oposição de Campos já mostrou o seu tamanho, seus desejos e a sua verdadeira razão de existir.

Lamentavelmente o baixo nível da oposição não se restringe a Câmara, mas também a seus blogs e alguns outros meios de comunicação.

É gente pequena, mesquinha e que vive pra confundir a população. Chega de FakeNews e desinformação.

Não querem ajudar? Então não atrapalhem. Deixem o prefeito trabalhar para devolver a aqueles que mais precisam um pouco mais de dignidade.

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *