ZAP HOME - VERMELHO

Após ocupar cargo em Niterói, Caio Vianna reaparece com novas alianças e promessas


  • Opinião dos Jornalistas
  • 21 de Abril de 2022 | 15h42
 Reprodução/Rede Social
Reprodução/Rede Social

Fora de Campos dos Goytacazes-RJ, desde as eleições municipais de 2020, Caio Vianna reapareceu na Planície Goitacá visando o pleito eleitoral deste ano, onde já foi anunciado que o mesmo é pré-candidato a deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD). Mesmo antes do período de campanha eleitoral, Caio tenta buscar alianças que são consideradas um tanto quanto estranhas, uma vez que são ex-adversários, como por exemplo Rodrigo Bacellar, que apoiou Doutor Bruno Calil na última eleição para a prefeitura.

Recentemente, falei sobre a saída de Caio do Partido Democrático Trabalhista (PDT), o mesmo partido que seu pai, Arnaldo Vianna, esteve à frente por muitos anos, inclusive sendo o chefe do executivo municipal. Talvez, essa saída do PDT, esteja mostrando o quanto Caio busca alianças inusitadas em nossa região para tentar vencer uma eleição pela primeira vez e ocupar um mandato, já que Caio busca há tempos um cargo no legislativo, ou até mesmo no executivo municipal. Caio estava sumido da sua terra natal, e já que tentou ser prefeito do município, deveria acompanhar o cidadão campista mais de perto.

No feriado da Semana Santa, Caio Vianna recebeu políticos e empresários campistas em uma belíssima mansão no litoral de Búzios, entre eles os vereadores Raphael Thuin e Bruno Viana. Após anos sumido do seu reduto eleitoral, pois ocupava um cargo de secretário de Tecnologia do município de Niterói, Caio realizou uma postagem em suas redes sociais com imagens de uma reunião com possíveis lideranças do bairro do Novo Jockey. Estaria ele antecipando uma campanha eleitoral fora do período legal? Fica o questionamento no ar. 

Que a justiça eleitoral e o Ministério Público fiquem atentos a várias reuniões eleitorais que diversos pré-candidatos têm feito antes mesmo do período permitido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

 

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *