Campanha site

Botafogo bate o Ceilândia e avança para oitavas da Copa do Brasil

O time carioca repete o placar do jogo de ida e vence por 3 a 0 com festa da torcida no estádio Nilton Santos


  • Esporte
  • 13 de Maio de 2022 | 10h03
 Reprodução
Reprodução

Sem sustos, o Botafogo venceu o Ceilândia por 3 a 0 nesta quinta-feira, no estádio Nilton Santos, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. O resultado foi o mesmo do jogo de ida, em Brasília, e coloca o Alvinegro carioca nesta fase da competição após dois anos de resultados ruins. Os gols foram marcados por Patrick de Paula, no primeiro tempo, e Matheus Nascimento, duas vezes, na segunda etapa.

O Alvinegro carioca foi o senhor da primeira etapa no estádio Nilton Santos. O Botafogo controlou a posse de bola e as iniciativas de ataque durante quase toda a partida. No entanto, teve dificuldade de transformar essa superioridade em jogadas perigosas. O Ceilândia, por sua vez, se limitou à defesa. Jogou com todos os homens atrás de sua própria intermediária a fim de bloquear os avanços do time da casa e por boa parte do jogo a estratégia deu certo. Até que, aos 40, Piazon encontro Matheus Nascimento bem posicionado na área. O atacante chutou cruzado e Patrick de Paula aproveitou o rebote para abrir o placar. Foi o primeiro gol do volante pelo Botafogo.

O Ceilândia voltou a campo do intervalo com a mesma proposta de se defender e só. O técnico Adelson de Almeida mudou peças e seu time chegou a encaixar alguns ataques. Principalmente, com Guarujá e Filipinho, mas sem grandes sustos para Douglas Borges. No geral, o que se via era uma desorganização do time do Distrito Federal. O Botafogo não tinha nada com isso, e aproveitou bem os espaços e criou mais oportunidades do que as encontradas no primeiro tempo. Aos 20, Chay deu ótimo passe para Matheus Nascimento entre os marcadores e o atacante chutou por baixo das pernas do goleiro. O Botafogo continuou indo para cima, Aos 27, Matheus Nascimento recebeu livre na área e chutou fraco de esquerda. Mas, aos 36, ele não perdoou. Daniel Borges cruzou rasteiro para a área, e Nascimento bateu, mais uma vez, entre as pernas de Kaiser para fechar o placar. Das arquibancadas, a torcida fez muita festa até o fim da partida. 

Fonte: GE

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *