Campanha site

Copinha: Botafogo avança e Fluminense dá adeus a competição

O Alvinegro bateu, nos pênaltis, outro clube carioca, o Resende. Já o tricolor perdeu no tempo normal para o Santos


  • Esporte
  • 17 de Janeiro de 2022 | 08h23
 Fabio de Paula/ BFR
Fabio de Paula/ BFR

De novo nos pênaltis, o Botafogo despachou o Resende e se classificou na Copinha nesse domingo (16). A garotada alvinegra avançou para as quartas de final da competição onde enfrentará o  América-MG. Já o Fluminense foi eliminado no tempo normal pelo Santos, perdendo por 2x1.

Botafogo

O Botafogo está nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Numa partida complicada na tarde deste domingo, a garotada alvinegra empatou em 1 a 1 com o Resende no tempo regulamentar, os gols marcados por Léo Pedro e Maranhão, e se classificou na decisão por pênaltis: 5 a 4. O adversário agora é o América-MG, terça-feira, às 19h, em Jaú.

Essa foi a terceira classificação consecutiva do Botafogo nos pênaltis nesta Copinha. Na segunda fase, a equipe passou pelo São José-RS (9 a 8). E, na terceira, despachou nos pênaltis o Taubaté (4 a 3). 

O gramado alto prendeu a bola e dificultou bastante o jogo das duas equipes que tiveram que apostar em muitos lançamentos longos. Ainda assim, foi um bom jogo. Os dois gols saíram no início do segundo tempo. Aos dois minutos, Léo Pedro aproveitou o rebote do goleiro Barreto e colocou de canhota no fundo da rede. E, quatro minutos depois, Maranhão recebeu cruzamento perfeito de Raí e completou de cabeça para empatar.

Fluminense

O Santos venceu o Fluminense por 2 a 1 e garantiu a vaga para as quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Alvinegro contou com as estrelas de Lucas Barbosa, que marcou dois gols, e de Diógenes, que salvou um gol certo de John Kennedy, que poderia empatar a partida já na parte final do segundo tempo.

O Santos teve uma postura agressiva, com marcação alta e pressionando o adversário. O Peixe controlou a partida, principalmente no primeiro tempo. O Alvinegro fez o resultado nos 45 primeiros minutos, com Lucas Barbosa. Primeiro, o camisa 11 aproveitou o rebote do chute de Rwan para marcar o primeiro. Depois, acertou um belo chute, da entrada da área, e venceu Thiago Gonçalves. No segundo tempo, o Tricolor mudou a postura e criou mais oportunidades de gol. Chegou ao primeiro com John Kennedy, que com um toque na bola venceu Diógenes.

Porém, na melhor chance para empatar a partida, o camisa 9 perdeu o duelo contra o goleiro santista. No fim da partida, o Flu pressionou bastante, mas o Santos conseguiu segurar o rival e garantir a vaga.

Fonte: GE

 

 

 

Seja o Primeiro a Comentar

Comentar

Campos Obrigatórios. *