Secretário afirma que Rio vai vacinar crianças contra a Covid assim que Anvisa liberar

Daniel Soranz contou que aplicação da primeira dose para carioquinhas entre 5 e 12 anos não atrapalharia o reforço em idosos


25 de Outubro de 2021 | 15h51

A Prefeitura do Rio está pronta para vacinar crianças entre 5 e 12 anos e depende apenas da autorização da Anvisa. A agência ainda não se manifestou sobre a imunização no público infantil, mas a Pfizer afirmou que o seu imunizante é eficaz nos pequenos. 

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, contou que o assunto foi tratado na reunião do comitê científico da prefeitura desta segunda-feira (25). Segundo Soranz, a vacinação de crianças não atrapalharia a aplicação da dose de reforço em idosos, caso fosse liberada agora.

Em agosto, A Anvisa rejeitou uso da CoronaVac em crianças a partir de 3 anos, a pedido do Instituto Butantan. Os diretores pediram mais dados, a despeito de a China já ter iniciado a imunização nesse grupo.

Na última sexta-feira (22), a Pfizer informou à Food and Drug Administration (FDA, a agência regulatória americana) que seu imunizante é seguro e obteve 90,7% de eficácia na prevenção de infecções em crianças de 5 a 11 anos.

Na semana passada, o governo dos Estados Unidos detalhou o plano para vacinar crianças de 5 a 11 anos. Se a vacina da Pfizer/BioNTech obtiver uma aprovação ampla, o plano garantiria "que seja distribuída rapidamente e disponibilizada conveniente e igualitariamente a famílias de todo o país", disse a Casa Branca em um comunicado, observando que as agências reguladoras estudarão a aprovação de maneira independente.

No Brasil,a vacina da Pfizer pode ser aplicada em adolescentes a partir de 12 anos. Em junho, a Anvisa autorizou o uso do imunizante nessa faixa etária e, em setembro, após um vai e vem, o Ministério da Saúde voltou a liberar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos,  mesmo os sem comorbidades, contra a Covid-19.

Fonte: G1


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.