Campos conquista emenda parlamentar de R$ 1 milhão para Defesa Civil

Até a liberação da verba, o município terá que formalizar a proposta num projeto e cumprir algumas exigências burocráticas


18 de Setembro de 2021 | 14h47

Fruto da mobilização popular convocada pelo prefeito Wladimir Garotinho, Campos foi o município mais votado na audiência on line realizada na manhã deste sábado (18) para destinação, através de emenda parlamentar, de R$ 1 milhão em investimentos para a Defesa Civil. Concorrendo com outras 24 cidades, Campos obteve 15% do total dos votos com a proposta apresentada para instrumentalizar o órgão e, através da melhoria da estruturação, atender prontamente e de forma eficaz as demandas da população de norte a sul do município, que tem mais de 507 mil habitantes e 4 mil km/² de extensão territorial.

O prefeito e o secretário de Defesa Civil, respectivamente Wladimir Garotinho e coronel Alcemir Pascoutto, participaram da audiência e agradeceram pelo empenho de todos. 
“Com a verba desta emenda, nós vamos construir uma nova história para Campos. Fizemos uma grande mobilização nas redes sociais. Meu time se dedicou para que a vitória viesse. Os equipamentos e maquinários que serão adquiridos serão utilizados no serviço árduo diário da Defesa Civil. Essa conquista é de toda a população”, discursou o prefeito ao final da audiência.

O secretário de Defesa Civil agradeceu pelo empenho de todas as pessoas que concentraram esforços nesta empreitada. “A população teve a oportunidade de votar escolhendo aquilo que é melhor para ela. Essa experiência nos mostrou que quando nos unimos em prol de um projeto, de uma missão, conseguimos vencer. Assim que a verba foi disponibilizada, vamos adquirir os equipamentos e maquinários o mais rápido possível para colocá-los na rua servindo à população para que as respostas cheguem mais rápido e sejam mais eficazes”, ressaltou Pascoutto.

Destinação — A verba de R$ 1 milhão será destinada à compra de equipamentos e maquinários para a Defesa Civil, com o objetivo de assegurar melhor estrutura para atender às demandas da população, que vão desde alagamentos à assistência em casos de desastres naturais.

Até a liberação da verba, o município terá que formalizar a proposta num projeto e cumprir algumas exigências burocráticas.

Fonte: SupCom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.