Polícia tenta prender operário que atirou e deixou ex-mulher paraplégica em Campos

Roberta de Souza foi atingida por tiros no pescoço, pernas e mão, quando saia de casa e seguia para o trabalho


21 de Julho de 2021 | 09h35

A Polícia Civil pede ajuda à população para localizar o operário Maciel da Silva Rosa, acusado de atirar contra a ex-companheira, Roberta Bianca de Souza, de 44 anos, no dia 1º de junho deste ano, em Campos. No dia do crime, Roberta foi cercada pelo ex-marido na Rua Azevedo Lima, no Parque Leopoldina. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Ferreira Machado, onde passou por cirurgia, mas ficou paraplégica.

A vítima foi atingida por tiros no pescoço, pernas e mão, quando saia de casa e seguia para o trabalho. A tentativa de feminicídio foi registrada na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM).

A polícia pede que, quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Maciel, que entre em contato com o disque-denúncia pelo WhatsApp (21) 98849-6099. O sigilo é garantido.

Fonte: ODIA


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.