Vídeo: Wladimir fala sobre não vacinar aos finais de semana e baixo número de vacinas enviadas

Ele cita que o motivo do baixo número de vacinas tem ligação com o fechamento de mais de 40 UBS na cidade


20 de Julho de 2021 | 10h15

Em vídeo publicado na manhã desta terça-feira (20), o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD), respondeu a duas perguntas que segundo o mesmo, são recorrentes em suas redes sociais. 

A primeira pergunta trata-se sobre a não vacinação aos finais de semana. Como já comentado pelo subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Proteção a Saúde, Charbell Kury em entrevista ao NF Notícias, assim que as remessas chegam à cidade, Campos distribui os imunizantes nos pontos de vacinação. Sendo assim, não sobra vacina o suficiente para aplicação nos finais de semana.

"Nós vacinamos de segunda a sexta-feira e temos que aguardar a semana seguinte para saber quantas vacinas Campos vai receber. Geralmente a informação chega um dia antes da entrega", disse o prefeito. 

Questionado sobre o motivo de outras cidades receberam um lote maior de imunizantes do que Campos e conseguirem vacinar todos os dias, Wladimir respondeu: 

"O número de vacinas que chega na cidade é calculado em cima do número de pessoas cadastradas no Sistema Único de Saúde e esse cadastro é feito através das UBS. Infelizmente, mais de 40 unidades foram fechadas pelo governo anterior. Então o número de pessoas cadastradas está abaixo daquilo que realmente tem", explicou. 

 

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.