Prefeito discute plano de retomada de ensino híbrido de modo seguro em Campos

Durante a reunião, Wladimir Garotinho deixou claro que a Prefeitura é a favor da reabertura das escolas, desde que seja feita de forma segura


04 de Maio de 2021 | 16h30

O Prefeito Wladimir Garotinho e o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, receberam nesta terça-feira (04), a presidente do Sindicato de Escolas Particulares do Norte e Noroeste Fluminense (Sinepe), Rosana Juncá, além de representantes de escolas particulares, a fim de criar um plano de retomada das aulas do ensino público e privado de forma gradativa. Uma outra reunião vai ser marcada, a fim de finalizarem o plano para posterior apresentação ao Ministério Público.

Durante a reunião, Wladimir Garotinho deixou claro que a Prefeitura é a favor da reabertura das escolas, desde que seja feita de forma segura. A intensão é abrir, em princípio, o ensino infantil após a vacinação dos profissionais da educação deste segmento, para que haja uma blindagem do setor autorizado a funcionar. “Estamos dialogando e buscando alternativas para reabrir sem risco, tanto a escola pública como a privada”, afirma o prefeito. 

O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, viu a reunião como um importante passo para todos. “Foi uma reunião importante com o sindicato das escolas particulares, onde nós pudemos discutir alternativas para preparar as escolas para o ensino híbrido de forma segura para as crianças e os profissionais da educação. Foram colocadas várias propostas, inclusive, a que o município vem pensando e que considera necessariamente ter os profissionais imunizados, para a retomada das aulas. O Ministério Público já tem ciência de como o governo está pensando em termos de criar essas condições para termos o início do ensino hibrido com segurança, que é o mais importante”, disse o secretário.

A presidente do Sinepe, Rosana Juncá, disse que se sentiu segura e tranquila de como a situação está sendo direcionada pelo poder público, após 14 meses de escola fechada devido à pandemia do novo coronavírus. “Estamos muito tranquilos que a coisa vai acontecer. Percebemos muita segurança e conhecimento na fala do secretário Marcelo e do prefeito Wladimir”.

Além dos representantes de escolas particulares Elisabete Cosato, Frederico Neto Rangel e Ralph Brito, estiveram presentes na reunião, o advogado do Sinepe, Bruno Lanes, e o vereador Rogério Matoso.

Fonte: Subcom 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.