PM é preso durante apreensão de 2,5 toneladas de cocaína em galpão

Apreensão feita em Duque de Caxias é considerada a maior já realizada pela PF no estado


02 de Dezembro de 2020 | 10h16

A Polícia Federal apreendeu cerca de 2,5 toneladas de cocaína, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, nesta terça-feira (1º). Essa é considerada a maior apreensão já realizada pela PF dentro do estado do Rio. O valor calculado da droga é de R$ 65 milhões.

A apreensão foi em um galpão que era usado por traficantes para armazenar o material entorpecente. Após um trabalho de inteligência e vigilância, que identificou movimentação suspeita de veículos no local, os policiais federais realizaram a incursão que resultou no flagrante.

Dois homens, um deles PM da ativa, que estavam no local foram presos em flagrante e irão responder por tráfico de drogas. A operação foi a Delegacia de Repressão às Drogas (DRE/RJ).

O policial militar detido era quem respondia pela segurança do local. Ele aproveitava o dia de folga para trabalhar para o tráfico. Com o militar foram apreendidas duas armas sem registro, sendo uma pistola e um revólver calibre 38, além de um rádio comunicador.

As substâncias encontradas foram submetidas ao laudo pericial criminal preliminar e o resultado foi positivo para cocaína.

O entorpecente apreendido foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Rio e a pesagem registrada foi de 2,466 toneladas da droga.

Os presos foram indicados e responderão pelo crime previsto no Art. 33 da Lei 11.343/06 - Tráfico de Drogas -, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão, sem prejuízo de eventuais outros crimes no decorrer da investigação.

Fonte: ODIA


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.