Rede de Proteção Social atende 36 mil idosos na gestão Rafael Diniz

Nem mesmo durante a pandemia, os idosos de Campos ficaram desassistidos


22 de Outubro de 2020 | 11h15

O candidato à reeleição Rafael Diniz (Cidadania) segue com as reuniões com vários segmentos da sociedade. Nesta quarta-feira (21), Diniz ressaltou a Rede de Proteção Social, que atende cerca de 36 mil idosos. A gestão Rafael Diniz reabriu casas de convivências; buscou recursos federais para a revitalização da unidade do Parque Tamandaré;  implantou atividades cognitivas, oficinas digitais e a Escola dos Saberes - alfabetização para idosos. Rafael Diniz é o candidato da coligação "A Coragem Precisa Vencer" também formada pelos partidos Avante, PSB e PTB.    

- Mesmo sendo o prefeito que enfrentou a maior crise da história de Campos, conseguimos avançar em diversas áreas. Na nossa gestão atendemos 36 mil idosos nas quatro casas de convivência e no Centro Dia de Guarus. Através de emenda parlamentar reformamos a Casa de convivência do Tamandaré e ofertamos vários serviços para a melhor idade. Os governos anteriores não olhavam para eles porque não votam - falou Rafael Diniz ao lado de Conceição SantAnna.

Nem mesmo durante a pandemia, os idosos de Campos ficaram desassistidos. Com as Casas de Convivências fechadas, por medida de prevenção, as atividades foram desenvolvidas de forma online. O trabalho teve o reconhecimento da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A reabertura das unidades seguirá o protocolo de medidas sanitárias, uma vez que atendem o principal grupo de risco da covid-19.  

 

Algumas ações voltadas para os idosos na gestão Rafael Diniz:

* Criação da Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável e Ativo; 

*Atividades físicas, dentro do projeto 60+ Saúde; 

* Implantação do Protocolo de Nahas - avaliação do perfil nutricional dos idosos;

* Realização dos Jogos da Maturidade;

* Implantação do trabalho de força resistido - fortalecimento da parte óssea dos idosos.

* Aulas de dança e teatro;

* Estimulação cognitiva

* Consultas e exames médicos;

* Campanhas de conscientização;

* Fortalecimento dos Vínculos Familiares;

* Programa Saber+;

* Escola dos Saberes;

* Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável. inclusão digital a pessoas idosas - Campos é a primeira cidade do estado do Rio contemplada com o projeto;

* Festival de Talentos;

* Distribuição de Cadernetas de Saúde da Pessoa Idosa

 

Fonte: Ascom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.