Escola é alvo de vandalismo

A unidade, que atende 750 alunos do 6º ao 9º ano, Educação de Jovens e Adultos (Eja) e Correção de Fluxo Escolar


21 de Setembro de 2020 | 10h31

Previous Next

O Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel foi, mais uma vez, alvo de vandalismo e arrombamento. A ação foi identificada na quinta-feira (17) pela equipe do espaço escolar no dia reservado para entrega de material impresso. A unidade, que atende 750 alunos do 6º ao 9º ano, Educação de Jovens e Adultos (Eja) e Correção de Fluxo Escolar, é situada no Miramar e está com as aulas suspensas em função do distanciamento social estabelecido por decreto municipal. 

A direção do colégio e a Secretaria de Educação solicitam apoio da comunidade escolar (estudantes e familiares, além de moradores, motoristas e pedestres), quanto ao sentimento de zelo do patrimônio escolar e pertencimento em relação às escolas que, momentaneamente, estão com aulas suspensas em função da pandemia.

Diante do vandalismo e arrombamento no "Ancyra Pimentel" foram identificadas pela direção perdas de torneiras, motores de geladeiras e freezers da cozinha dos estudantes (da empresa de contrato), fiação da rede elétrica e dos aparelhos de ar condicionado, ventiladores, bebedouros, banheiros, portas e grades arrombadas e amassadas, além de cadeados e telhado danificados .Também foi constatado que algumas ferramentas foram deixadas pelo invasor no colégio, causando preocupação à comunidade escolar quanto a possibilidade de retorno.

O registro da ocorrência também ocorreu via on-line na Delegacia Legal. A ronda da Guarda Municipal, por meio da Coordenadoria de Apoio Preventivo e Educativo (Cape), foi acionada para adotar as medidas cabíveis quanto ao reforço das ações de prevenção e segurança e patrulhamento da área,  para salvaguardar o patrimônio da escola.

Este ano, o colégio foi alvo de outros furtos e vandalismo. O primeiro foi registrado no dia 14 de abril, através de ofício digital. Equipes da Secretaria de Educação estão adotando as devidas providências quanto ao caso do colégio. A solicitação é se for identificada alguma situação atípica no entorno do espaço escolar, principalmente no turno da noite, a população acione os telefones dos setores dos órgãos de segurança: Polícia Militar - 190 ou 2762-0052-2762-0190 ou 2772-3190; 123ª Delegacia de Polícia–DP - 2762-1860, Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro (9º GBM)  - 193 ou 2791-6852, 2793-0047 ou 27910-190 e Secretaria Municipal de Ordem Pública - 2796-1336 ou 2796-1328 (8h às 17h).

Em nota, a direção do colégio também registrou que o espaço se encontra sem abastecimento de energia e, consequente, falta de água na caixa de água, em decorrência de um curto circuito ocorrido no transformador do poste interno durante um serviço de reparo da concessionária de Energia. A unidade  já emitiu solicitações e recebeu, nos últimos dias, visitas da empresa de energia e da  equipe de Infraestrutura da Secretaria de Educação para  tratar da manutenção e execução de serviços da unidade.

Os setores de  Infraestrutura (que realizou recente manutenção com serviços como substituição de torneiras e fiação elétrica) e Nutrição da Secretaria de Educação, também  foram acionados para tratar de atendimentos, conforme a demanda da escola, tendo em vista que  equipamentos como geladeiras foram danificados.

 

Fonte: Ascom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.