Covid-19: 59% dos óbitos confirmados em Campos são de homens

O Centro da cidade continua sendo o bairro com maior número de casos confirmados


16 de Setembro de 2020 | 14h39

De acordo com o boletim epidemilógico de Campos, até 11 de setembro de 2020, foram notificados 14.979 casos suspeitos e confirmados da COVID-19 no município. Dentre eles, 13.409 foram casos de Síndrome Gripal (SG) (indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza) e 1.570 casos (dados acumulados independentemente das altas hospitalares) de Síndrome Respiratória Aguda Grave hospitalizados (SRAG-H) (SG que apresente dispneia/desconforto respiratório ou pressão persistente no tórax ou saturação de O2 menor que 95% em ar ambiente oucoloração azulada dos lábios ou rosto) em Campos dos Goytacazes – RJ.

Entre o total de casos notificados, 5.199 foram confirmados laboratorialmente (isto é, apresentaram resultado de carga viral detectável para o coronavírus 2 da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) por meio do exame RT-PCR – sigla em inglês para Reverse Transcription - Polymerase Chain Reaction ou antígeno ou anticorpo reagente para SARS-CoV-2 por meio de teste rápido ou sorologia).

Dentre o total de casos suspeitos e confirmados da doença (14.979), 10.958 estão recuperados. Ao considerar apenas aqueles com confirmação laboratorial (5.199), o número de recuperados é de 4.108 casos.

Observa-se manutenção do aumento de registros de casos confirmados de infecção por SARS-CoV-2 na cidade a partir da 29º semana epidemiológica. De acordo com o descrito na 17º edição do Informe Epidemiológico da cidade, o aumento observado no número de novos casos da doença ocorreu após o início das notificações no sistema de informção E-SUS VE diretamente pelos laboratório.

Apesar desse aumento global do número de registros de casos novos de infecção por SARS-CoV-2, na 33º semana epidemiológica, a média movél simples de foi de 43,0 casos novos de infecção pelo novo coronavírus; enquanto que na 35º semana epidemiológica, a média móvel simples foi de 19,7 casos novos. Essa tendência de redução no número de casos novos na cidade  deve ser observada com atenção, uma vez que a implantação da notificação desses casos no E-SUS VE diretamente pelos laboratórios do município ainda está em evolução.

Entre os 333 óbitos confirmados por COVID-19 na cidade, 195 (59,0%) eram homens. As duas faixas etárias com maior ocorrência de óbitos continuam sendo aquelas entre 60 e 69 anos e entre 70 e 79 anos de idade, independentemente do sexo, com um total de 175 óbitos.

As comorbidades mais prevalentes entre os casos de óbito confirmados para a COVID-19 continuam a ser as doenças cardiovasculares crônicas (55,8%) e, em seguida, o diabetes mellitus (37,8%).

Bairros com maior número de casos confirmados

A distribuição espacial dos casos de óbitos confirmados da COVID-19 revela que até o dia 11 de setembro o bairro com maior número de registros continua a ser o Centro da cidade (64 casos, 19,2%), seguido por Parque Penha (15 casos, 4,5%) e por Guarus (14 casos, 4,20).

Além disso, oberva-se aumento no número de registros de casos de óbitos nos seguintes bairros: Parque Rosário, Parque Turf Club, Parque Prazeres, Jardim Carioca, Parque Alvorada, Parque Novo Mundo, parque Santa Rosa e Parque Eldorado.

 

Fonte: Supcom

 

 

 

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.