Prefeitura anuncia pagamento de RPAs da Educação após economia em contas do município

Entre os trabalhadores estão porteiros, auxiliares de serviços gerais, vigias e motoristas


12 de Setembro de 2020 | 11h53

Graças à economia realizada pela Prefeitura, através da secretaria municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece), começarão ser pagos, no próximo dia 18,  salários em atraso dos trabalhadores em regime de Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) e cargos em comissão. Estes pagamentos serão possíveis devido à economia nas contas de água, luz e transporte das 236 unidades escolares da rede municipal, que se encontram fechadas desde o dia 16 de março em virtude da pandemia.

-Desde o final do ano passado, devido à queda de arrecadação do município, os RPAs e os DAS estão com irregularidades no pagamento de meses diferentes e alternados. Ninguém está sem receber desde agosto de 2019, mas alguns meses não foram pagos ou não completamente quitados ao longo desse um ano. Decidimos utilizar o recurso que estamos economizando desde março só agora porque estávamos esperando a definição de que nossas aulas presenciais só retornariam mesmo em 2021, o que ocorreu semana passada com a aprovação no Conselho de Educação. -, esclarece a secretária de educação, Luciana Eccard.
-
Entre os trabalhadores em regime de RPA da Educação estão porteiros, auxiliares de serviços gerais, vigias e motoristas. Já entre os DAS estão os diretores de escolas e gerentes de departamentos, que possuem folhas de pagamento em atraso referentes a 2019 e 2020.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.