Barreiras Sanitárias passam a funcionar de sexta a domingo em SFI

Poderá ser concedida, excepcionalmente, autorização para ingresso na cidade de pessoas, que não estejam na condição de morador, mas comprovem motivo de trabalho


11 de Julho de 2020 | 10h57

A partir de ontem (10), as Barreiras Sanitárias existentes em São Francisco de Itabapoana (SFI) terão uma nova dinâmica de funcionamento: das 17h das sextas-feiras ininterruptamente até as 17h dos domingos.

A entrada no município através de Barra do Itabapoana ou Imburi ocorrerá mediante apresentação de algum dos seguintes documentos: Titulo de Eleitor acompanhado de Documento de Identidade Oficial com foto, com vinculação à 130ª Zona Eleitoral; Cartão Nacional de Saúde do município acompanhado de Documento de Identidade Oficial com foto; título público de propriedade de imóvel situado no município em nome do próprio, lançamento de Tarifa de Energia de imóvel situado no município em nome do próprio; documento que identifique o vínculo familiar em primeiro ou segundo grau com o proprietário do imóvel situado no município.

Ainda de acordo com o decreto municipal 246, poderá ser concedida, excepcionalmente, autorização para ingresso na cidade de pessoas, que não estejam na condição de morador, mas comprovem motivo de trabalho, a ser efetivada, exclusivamente pela apresentação dos seguintes documentos: Declaração de Trabalho emitida pelo empregador nos últimos 30 dias, acompanhada de Documento de Identidade Oficial com foto; Contracheque, no caso de servidor público, acompanhada de Documento de Identidade Oficial com foto; Documento de identidade profissional, no caso de profissional da área de Saúde, do Direito, da Segurança Pública, da Assistência Social e das demais atividades essenciais; Documento fiscal, quando se trata de serviço de entrega de produtos/mercadorias de qualquer natureza; Documento autorizativo do exercício da referida atividade, no caso pessoa que comprovar trabalhar no serviço de transporte de passageiros.

A publicação determina também que está “proibido o acesso e/ou determinando o retorno dos trabalhadores que, por qualquer forma transportados, vindo de outras localidades para trabalhar, e, por consequência, se alojar (notadamente durante a safra), no município, salvo apresentação de exame comprobatório de inexistência de contaminação do trabalhador pelo Covid-19, ou a presença anticorpos em seu organismo”.

Estão mantidas a proibição do uso do passe livre de estudantes e a limitação a 50% da capacidade de lotação dos veículos de transporte público de passageiros e, quando possível, com janelas destravadas e abertas de modo que haja plena circulação de ar.

O trabalho ocorrerá sob a coordenação da Empresa Municipal de Trânsito (Emtransfi) e Guarda Civil Municipal (GCM), devendo contar com o suporte logístico e operacional da Secretaria Municipal de Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento de Postura e demais órgãos do poder público municipal.

 

 

Fonte: Ascom SFI


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.