Moradores de Morro do Coco reclamam que UBS teve horário de atendimento reduzido

Médicos de várias especialidades foram retirados da unidade


07 de Julho de 2020 | 14h15

Moradores do distrito de Morro do Coco, interior de Campos, reclamam que o prefeito Rafael Diniz reduziu para 12 horas o funcionamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) da localidade, que antes funcionava 24 horas. Agora o atendimento será de segunda a sexta-feira. Além disso, os médicos de diversas especialidades, como cardiologista, ortopedista e pediatra, entre outros, foram retirados da unidade.

A população ressalta que no momento em que os moradores mais precisam de atendimento médico, por causa da pandemia de coronavírus, o horário de atendimento é reduzido e dificulta a vida de quem mora em áreas rurais e mais distantes.  

Outro fator importante é que a UBS faz os primeiros socorros em alguns casos de acidentes na rodovia BR-101, no trecho que corta o distrito.

São quase 50 quilômetros de Morro do Coco até Campos e a demora pode custar uma vida.

Outros distritos e localidades, como Conselheiro Josino, Vila Nova, Paraíso, Murundu e Santa Maria também tiveram as unidades fechadas.

Um grupo de moradores está organizando uma manifestação para acontecer em frente a UBS e desta forma chamar a atenção das autoridades municipais sobre os problemas de Morro de Coco. Um segundo protesto está sendo organizado para acontecer em frente a Secretaria de Saúde.

A reportagem do NF Notícias entrou em contato com a prefeitura para saber o motivo das mudanças, mas não obteve resposta.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.