Policiais militares e guardas municipais são testados em Campos

Os testes para Covid-19 fazem parte da testagem em massa em diferentes grupos


02 de Julho de 2020 | 16h17

Previous Next

A Prefeitura de Campos prossegue nesta semana com a testagem para Covid-19 dos profissionais das forças de segurança. Os testes fazem parte da testagem em massa em grupos diferentes. O objetivo é testar um grande contingente populacional e, assim, contribuir com o inquérito epidemiológico e mapeamento da doença no município.

Nesta semana, estão sendo testados guardas municipais e policiais militares. Já foram testados bombeiros militares, policiais federais, agentes da Secretaria Municipal de Segurança Pública e da Defesa Civil Municipal. Também serão testados policiais civis e policiais rodoviários federais.

A testagem em massa da população, proposta pela Prefeitura de Campos, segue com a participação de diversas categorias, como comerciários, limpeza pública (garis e coletores de reciclável), profissionais da saúde, motoboys, taxistas, taxistas auxiliares, motoristas e cobradores do transporte público, além de idosos em asilos e os motoristas do sistema alimentador testados de acordo com as normativas do Ministério da Saúde.  

Alem de priorizar testes para diferentes categorias, a Prefeitura vem promovendo testes para toda a população através do aplicativo Dados do Bem. O município foi o segundo do estado do Rio de Janeiro a aderir o aplicativo para testar pessoas para Covid-19 e traçar as estratégicas de combate ao coronavírus. Toda população pode baixar o aplicativo e fazer a autoavaliação. Seleção para o teste é feita pelo Dados do Bem. Quem baixou o aplicativo deve ficar atento a notificações. Todos os dias são agendados mais de 100 testes e os exames são realizados gratuitamente.

 

Fonte: SupCom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.