Fase laranja: Prefeitura decreta lockdown parcial em Campos

A medida vale a partir desta terça-feira (2)


01 de Junho de 2020 | 19h00

Nesta segunda-feira (1º de junho), o prefeito Rafael Diniz apresentou à imprensa o Campos Daqui para frente - o plano de retomada de atividades econômicas e sociais e o modelo de transição gradual das medidas de isolamento social, no município, frente à pandemia da Covid-19. O plano, conforme adiantado na última sexta-feira (29) aos representantes do comercio e indústria, foi dividido em cinco níveis, classificados por cores (vermelho, laranja, amarelo, verde e branco), de acordo com a essencialidade de atividades econômicas e sociais, bem como o nível de contágio em cada atividade. 

A partir desta terça-feira (2), Campos estará na fase laranja, de lockdown parcial. No nível 4, considerado grave, seguem as recomendações das autoridades da área da saúde, com autorização de funcionamento de algumas atividades já liberadas no nível 5, acrescidas de outros serviços. O suplemento do Diário Oficial as regras, horários e dias de funcionamento será publicado ainda nesta segunda.  

— É um Plano de retomada, temos que entender que não é apenas um plano de flexibilização, tanto que podemos flexibilizar quando possível com base nos números e no modelo matemático. Mas, se for necessário, teremos que voltar ao que chamamos, agora, de nível 5, fase vermelha, o lockdown total. Quando a gente toma decisões, não é apenas para o serviço público, no caso o Centro de Controle e Combate ao Coranavírus de Campos, mas também de toda rede particular. Ela responde por seus leitos, mas as medidas são de acordo com a capacidade de atendimento no município – destacou o prefeito Rafael Diniz que destacou aidna que a avaliação é semanal. 

A Prefeitura de Campos utiliza modelos matemáticos e estatísticos para análise dos casos. A pesquisa é feita pelo reconhecido professor e doutor Eduardo Shimoda. 

— A gente já tem a planilha definida com os pesos e a Vigilância em Saúde passa, diariamente, o conjunto de dados. A gente aplica nessa planilha e analisa cada um dos indicadores, 12 no total, e vamos ter um resultado final. E isso vai determinar em que ponto que está. Obviamente vamos analisar para identificar onde existem os gargalos que tem que ser melhorados, onde ocorrer melhor atuação para que possamos passar do vermelho para o laranja e assim sucessivamente – explicou o professor.  

Na fase laranja, podem funcionar e com adoção de medidas gerais de prevenção de contágio todas as liberações do nível 5 mais:  escritórios de advocacia, contabilidade, consultorias, arquitetura e engenharia, imobiliárias, agências de seguro e plano de saúde com atendimento individual mediante agendamento e funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 18h.

delivery estará permitido após as 23h e o take away - retirada no estabelecimento – autorizado para lojas de material de construção, de autopeças e vendas de bicicleta, de artigos de embalagens, empresas que tenham como atividade principal o comércio varejista especializado de tecidos e artigos de armarinho (única e exclusivamente para fins de atendimento de demandas relacionadas à saúde) e ainda lojas de informática e comunicação. Estão liberadas as atividades físicas individuais em vias públicas, estando proibida a utilização de praças e equipamentos municipais. 

Também poderão funcionar oficinas mecânicas, borracharias, conserto de bicicletas e empresas de inspeção e perícias veiculares; serviços de saúde (hospitais, clínicas, laboratórios, clínicas de medicina do trabalho e estabelecimentos congêneres), distribuidores de produtos médicos e EPIs (ainda que funcionem no interior de shopping centers, centros comerciais e estabelecimentos congêneres); atividades do ramo da construção civil, sendo que os canteiros de obras para construções residenciais unifamiliares devem ter no máximo de 4 pessoas laborando ao mesmo tempo. É permitido o atendimento de urgência por empresas que tenham como atividade principal artigos de óptica, única e exclusivamente para fins de atendimento de demandas relacionadas à saúde. 

Fica liberado o funcionamento e acesso em entidades de classe, sindicatos e congêneres, por seus profissionais e afiliados, devendo ser obedecidas, além das regras em geral, o distanciamento mínimo de dois metros entre pessoas e o funcionamento apenas em dias úteis; fica autorizado o funcionamento de lava jatos e limpeza de veículos, de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h; aos condomínios, fica recomendado que proíbam a realização de esportes coletivos em áreas comuns, que possam gerar aglomeração de pessoas; bem como que adotem a utilização da academia com hora marcada, permitindo-se apenas a utilização de 50% da capacidade.

Também participaram da apresentação a Diretora da Vigilância em Saúde, Andréya Moreira; subsecretário de Governo, Fábio Bastos e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Quintanilha. 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.