Cidade da Criança passa a ser polo para vacinação de rotina através de agendamento

Atendimento será com hora marcada para vacinas em crianças de 2 meses até 6 anos, 11 meses e 29 dias


30 de Maio de 2020 | 10h42

Após obra de reforma e adaptação, a partir da próxima segunda (01), a Cidade da Criança passa a contar com atendimento para vacinação de rotina de crianças de 2 meses até 6 anos, 11 meses e 29 dias. O atendimento só será possível mediante agendamento prévio através do número 98179-3393, de segunda a sexta, das 08 às 17 horas.

O agendamento será para todas as vacinas de rotina disponibilizadas pela rede pública de saúde. A cidade da Criança passou por obras já que havia planejamento para que o local passasse a ser polo de vacinação. Nos últimos meses o local já atendia para teste do pezinho e vacina bcg com agendamento pelo telefone. Além disso, a vacinação para gripe foi realizada no espaço.

A estratégia para tornar a Cidade da Criança um polo de vacinação foi definida antes da necessidade de isolamento e distanciamento social devido o enfrentamento ao coronavirus.

– Estamos mantendo o agendamento por telefone e disponibilizando as vacinas, para aumentar a cobertura vacinal do município que segue baixa. Orientamos que as pessoas que estão precisando procedam ao agendamento em qualquer um dos números disponíveis e que atendam aos horários agendados para evitar aglomerações nas unidades – orienta a Assessora Chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Roberta Lastorina. 

Alem da Cidade da Criança, as unidades de saúde que disponibilizam as vacinas de rotina são: Morro do Coco, Penha, IPS, Parque Prazeres e o Centro de Saúde de Guarus.

O agendamento para as imunizações de rotina também podem ser feitos através dos números (22) 981750366, 981793658 e 981751876, 98168-2340, 98119-2675 e 98175-1278, de segunda a sexta-feira, de 9 às 16 horas para agendamento nas UBS - Morro do Coco, Penha, IPS, Parque Prazeres - e o Centro de Saúde de Guarus. O Ministério da Saúde segue sem disponibilidade de distribuição das vacinas DTP e Pentavalente na rede de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fonte: Ascom 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.