Diferenças entre as loterias mais populares do Brasil

Veja algumas peculiaridades e escolha a sua preferida


06 de Abril de 2020 | 12h38

Atualmente, a Mega-Sena, Quina e Lotofácil são as loterias de maior sucesso entre os brasileiros. As três modalidades da Caixa Econômica Federal possuem alguns aspectos comuns, mas se diferenciam em muitos outros. Veja algumas peculiaridades e escolha a sua preferida:

Mega-Sena

A Mega-Sena desponta como a maior loteria do país e também se destaca na América do Sul pelos prêmios gigantescos em seus sorteios. Os valores das premiações são maiores ainda quando os concursos ficam acumulados ou quando acontece o sorteio comemorativo Mega da Virada, ao final de cada ano.

Embora atraia um grande número de jogadores, matematicamente a Mega- Sena é a modalidade de loterias da Caixa mais difícil de acertar.

Com uma aposta simples com com seis dezenas (R$ 4,50) a chance de levar o prêmio é de 1 em mais de 50 milhões. Para marcar as 15 dezenas, número máximo permitido em cada volante, o apostador deverá desembolsar nada menos do que R$ 22.500, mas jogará com uma probabilidade bem maior de acerto, de cerca de 1 em 10 mil.

Os jogos acontecem duas vezes por semana, às quartas-feiras e sábados. Existem também alguns sorteios extras – as Megas Semanas – como o que aconteceu recentemente homenageando o Dia Internacional da Mulher, com três sorteios da Mega-Sena realizados na terça-feira (10 de março), quinta-feira (12) e no sábado (14).

Quina

A Quina se diferencia da Mega-Sena pelo número de sorteios, que ocorrem seis vezes por semana, de segunda-feira a sábado (exceto feriados). Além disso, o valor das apostas é mais barato – cada jogo simples com 5 números, escolhidos entre os 80 da cartela, custa R$ 2. Os apostadores também podem marcar até 15 dezenas em um volante, pagando pouco mais de R$ 6 mil.  

Embora os prêmios sejam substancialmente menores, é uma loteria atrativa por distribuir valores mesmo para aqueles que acertam a quadra (4 acertos), o terno (3 acertos) e até para quem tem dois acertos – o duque – que geralmente paga um valor pequeno, próximo ao custo de um ou dois bilhetes simples, mas que estimula os apostadores a jogar novamente.



Sobre a probabilidade de acertar as cinco dezenas com um jogo simples, a chance é de 1 em cerca de 24 milhões, ou seja, o dobro da Mega-Sena. Já com o jogo máximo de 15 dezenas as chances são de 1 em pouco mais de 8 mil.

Essa modalidade também prevê o acumulo do prêmio para o concurso seguinte, se não houver aposta premiada. O valor se somará ao montante arrecadado no próximo concurso, sendo pago ao acertador da primeira faixa da premiação.

Lotofácil

Nos dias de hoje, a Lotofácil também foi eleita uma das “queridinhas” pelos brasileiros. Como o próprio nome sugere, é uma loteria fácil de jogar e fácil de ganhar.

Para jogar, o apostador assinala entre 15 e 18 dezenas, de um total de 25 da cartela. São premiados os acertadores de 11, 12, 13, 14 ou 15 dezenas escolhidas.

Cada aposta mínima, com 15 números, custa R$ 2,50. Para marcar 18 números, que é a aposta máxima, o jogador desembolsará R$ 2.040. 

As chances de levar para casa o prêmio máximo da Lotofácil, jogando 15 números, são de 1 em pouco mais de 3,2 milhões. Já concorrendo com as 18 dezenas a probabilidade se torna bem maior, de 1 em cerca de 4 mil.  

Caso não haja ganhador em nenhuma faxia de premiação, o valor é acumulado para o concurso seguinte, somando-se ao prêmio máximo com 15 acertos. Os sorteios da Lotofácil são realizados três vezes por semana, às segundas, quartas e sextas-feiras.

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.