Centro de Controle e Combate em ação contra o Coronavírus em Campos

Dois atendimentos foram realizados nesta segunda-feira (30)


31 de Março de 2020 | 08h11

A Prefeitura de Campos iniciou nesta segunda-feira (30) o atendimento no Centro de Controle e Combate ao Coronavírus de Campos. O local, montado pela Prefeitura no prédio do Hospital Beneficência Portuguesa (requisitada administrativamente para este fim), receberá a população com suspeita da Covid-19 no município e casos encaminhados por médicos do atendimento 192. No domingo (29), o prefeito Rafael Diniz fez a última vistoria na unidade. Dois atendimentos foram realizados nesta segunda. 

Desde esta segunda, a população de Campos já conta com o serviço 192 para identificação de suspeita de contaminação por coronavírus. O atendimento telefônico é utilizado pelos campistas em casos de emergência e, agora, também para identificação dos sintomas da Covid-19. O atendimento, feito por profissionais da saúde e avaliados caso a caso por médicos, é a principal forma de identificação da necessidade de encaminhamento para o Centro de Controle e Combate ao Coronavírus no município. 

- Estamos nos preparando desde quando foi diagnosticado o primeiro caso de coronavírus no Brasil. Já capacitamos nossos profissionais que vão estar na linha de frente atendendo e cuidado dos pacientes com suspeita do coronavírus. Esperamos que com todas as medidas restritivas que adotamos nosso impacto seja o menor possível - declarou Rafael Diniz. 

Com estrutura que conta com atendimento de equipes multidisciplinares com mais de 100 profissionais - como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, atendentes, auxiliares, entre outros - a unidade foi vistoriada no domingo (29) pelo prefeito Rafael Diniz, que estava acompanhado da comissão médica responsável pela operação do local - formada por doutora Andreya Moreira, infectologista e Diretora da Vigilância em Saúde do município; Nélio Artiles, infectologista, Patrícia Meirelles, pneumologista; Vítor Carneiro, cirurgião cardiovascular e intensivista; Simone Serafim, intensivista; Luís Otávio Barreto, nefrologista e Heder Zampirolli, intensivista - além de secretários municipais e representantes do Cremerj, hospitais, Ministério Público e da Polícia Civil. 

O Centro conta com recepção para identificação de sintomas e higienização das mãos, diferentes etapas de triagem, consultórios e três andares de internação e uma UTI dedicada ao tratamento da Covid-19. Além disso, seguindo a determinação do Ministério da Saúde, faixas pintadas no chão e marcações em cadeiras da unidade indicam o distanciamento necessário a todas as pessoas que chegam para atendimento que é 24 horas. 

De acordo com a pneumologista e integrante da Comissão Médica do Centro, Patrícia Meireles, serão quatro frentes de atendimento. 

- A primeira triagem feita por técnicos de enfermagem, a segunda por enfermeiros, em seguida o atendimento pode ser feito por médicos do setor laranja e médicos do setor vermelho- explica.

Patrícia destaca, ainda, que todos os detalhes seguem, criteriosamente, os protocolos. “Os pacientes graves, direcionado à UTI vão entrar por local separado e as ambulâncias serão higienizadas na frente do Centro assim que desocupadas”. 

De acordo com Felipe Quintanilha, membro do comitê de crise designado pelo prefeito para a implantação do Centro, a unidade tem capacidade atual de 40 leitos clínicos, 19 leitos de UTI, além dos cinco leitos da sala vermelha.

- Já nos próximos dias será concluída a obra para garantir mais 19 leitos de Unidade de Terapia Intensiva. Além disso, temos 40 leitos clínicos que podem ser utilizados e a capacidade de mais 20 leitos caso seja necessário, informou.

O Centro de Controle de Combate ao Coronavírus em Campos funciona no prédio novo da Beneficência Portuguesa, rua Barão de Miracema, número 140, Centro. 

192 - Antigo conhecido dos campistas o número 192 é a forma mais eficiente de pré atendimento e identificação de sintomas por coronavírus em Campos. O contato pode ser feito por qualquer pessoa e tem a avaliação médica dos sintomas (tanto para Covid-19 ou outra enfermidade) e de possível necessidade de envio de ambulância.  

O 192 está disponível todos os dias da semana, 24 horas por dia e a ligação é gratuita.

 

Fonte; Ascom

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.