Tempos Modernos

Tempos Modernos

21 de Agosto de 2019 | 21h25

MUNICÍPIO PARA MUNÍCIPES


Outro dia, entre um evento e outro da semana do advogado, tive a satisfação de encontrar com o Diretor para Empregos da Superintendência Municipal de Trabalho e Renda de Campos, Dr. Marcelo Barreto, que no vai e vem da conversa passou a me contar um pouco mais sobre o serviço que vem desempenhando naquela repartição municipal.

Após tanto assunto, quando terminou de falar a respeito de seus afazeres, de imediato o convidei para escrevermos sobre alguns serviços daquela superintendência, pois, como veremos a seguir, lá são prestados alguns atendimentos que facilitam a vida de muita gente e, por isso, merecem ser divulgados.

Indo direto ao ponto e sem maiores delongas, achei interessante a parceria firmada entre o Município e o Ministério do Trabalho, pois a municipalidade, que tem contado direto com a população atua recepcionando os documentos dos requerentes, envia ao órgão federal que, por sua vez, numa média de 10 dias, envia a Carteira de Trabalho pronta àquela superintendência, que entrega ao cidadão. 

Marcelo destacou que quando assumiu o setor identificou que o procedimento até então adotado limitava o acesso dos cidadãos aos serviços, pois eram entregues apenas 30 senhas por dia às primeiras 30 pessoas, o que acabava fazendo com que os cidadãos chegassem muito cedo para tentarem uma das senhas. Sustentou também que o sistema de distribuição de senhas impedia que pessoas que não pudessem comparecer pela manhã tivessem acesso aos serviços, eis que não sobravam senhas para quem não chegasse pela manhã bem cedo.

Diante do relato, perguntei: Tá! E aí? Qual a solução para o problema?

Marcelo então passou a me explicar que quando percebeu o que ocorria sugeriu a criação de um aplicativo onde as pessoas pudessem agendar seus atendimentos para o dia e hora que melhor lhes conviesse. O que possibilitou que a superintendência passasse a atender, de forma gratuita, 40 agendamentos ao dia, com intervalos de 15 (quinze) minutos entre um atendimento e outro, além de acabar com a filas e otimizar o serviço.

Ressalta-se que os agendamentos ainda podem ser feitos de forma presencial por aqueles não têm acesso à internet, mas agora também pode ser feito pelo aplicativo “CTPS Fácil”, disponível para android e iOS, e através do site www.ctpsfacil.com.br.

O interessado que buscar atendimento pelos sistemas eletrônicos deve preencher um cadastro e depois fazer o agendamento através do link que será enviado para o e-mail cadastrado.

Vale lembrar que para requerer a 1ª via da CTPS o cidadão deve levar ao atendimento seu CPF, documento oficial de identificação civil que contenha o nome do interessado, data, município e estado de nascimento, filiação, nome do documento com órgão emissor e data de emissão, certidão de nascimento ou de casamento (ou caso separado judicialmente, a certidão averbada) e comprovante de residência que contenha número do CEP.

Caso o interesse seja por retirar a 2ª Via da CTPS, é necessário levar ao atendimento todos os documentos necessários para 1ª via, mais a CTPS antiga (em caso de inutilização ou continuação); ou Boletim de Ocorrência (em caso de perda, roubo, furto ou danos da CTPS) e documento que comprove o número da Carteira de Trabalho anterior, como por exemplo CNIS, extrato analítico, extrato FGTS e termo de rescisão do contrato de trabalho.

Importante mencionar que não há necessidade de levar foto 3x4, já que o retrato pode ser feito na própria superintendência. Além disso, frisa-se que a Carteira Nacional de Habilitação não é aceita como documento de identificação para emissão da CTPS.

Aos interessados, a superintendência fica nos altos da Rodoviária Roberto da Silveira e além do serviço de emissão de CTPS, também existe o Espaço da Oportunidade, onde a pessoa pode buscar uma oferta de emprego e se matricular em diversos cursos de capacitação durante o ano.

Por fim, na pessoa do Dr. Marcelo Barreto, gostaria de parabenizar o governo por esta ferramenta que possibilita cidadania a tantas pessoas e ressaltar que são por essas e outras iniciativas que a esperança ainda vive.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.