Novo Desenvolvimento Econômico

Novo Desenvolvimento Econômico

12 de Agosto de 2019 | 11h00

O GIGANTE ADORMECIDO ESTÁ ACORDANDO


O Porto do Açu recebeu na semana passada a visita de uma comitiva encabeçada pelo Ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque que veio conhecer em loco o nosso Parque Termelétrico  que será o maior da América Latina movido a gás natural.

Segundo o Bento o novo empreendimento está em consonância com a política do ¨NOVO BRASIL¨ no tocante ao mercado de gás que se quer implantar no país.

Ficou orgulhoso como  bom brasileiro que é , de conhecer esse grande projeto e ressaltou que será fundamental para o futuro próximo de nosso país.

O conjunto do Complexo Termelétrico  será composto por duas plantas que após concluídas fornecerão energia suficiente para abastecer 14 milhões de residências ou servir a 50 milhões de pessoas. Isso seria energia suficiente para atender a todo o Estado do Rio de Janeiro , Minas Gerais e Espírito Santo juntos.

Aproveitou e visitou as obras do novo Terminal de Regaseificação de GNI que será o primeiro terminal desse tipo de uso privado do Brasil.

Graças a excelente localização do nosso porto em relação ao Brasil e as plataformas em geral , o Açu passa a ser a melhor alternativa para não só se movimentar o petróleo, como no aproveitamento do gás natural do Pré - Sal. Aqui será criado um hub de óleo & gás com a conexão à malha dutoviária da Região Sudeste.

Nós teremos além dessa grande termelétrica , a maior base privada para o transbordo do petróleo e em um curto espaço de tempo nós também teremos serviços  de armazenagem e blending . Aos poucos o Complexo Portuário do Açu vai se transformando em um grande porto para melhor atender a grandeza do setor de  óleo & gás no nosso país.

Estamos transformando e diversificando a matriz energética brasileira e isso irá incentivar a atração de novas indústrias para a nossa região ( São João da Barra em particular ) , afinal teremos  energia abundante e com preço mais atrativo para as indústrias no seu todo.

As UTI GNA 1 e 2 juntas , vão representar 17% de toda a geração térmica à gás natural do país e com um custo de investimento estimado em R$ 8,5 bilhões.

São projetos como esse que nos enche de esperanças para que em um futuro próximo, nós possamos nos afastar dos Royalties em si para a nossa sobrevivência.

Aqui teremos soluções integradas de eficiência , custos mais baixos e segurança de  forma sustentável e responsável. Com isso iremos atrair muitas outras empresas do setor para São João da Barra que com certeza será o melhor município para se investir do Estado do Rio de Janeiro.

Temos também a Açu Petróleo que é uma Joint Venture entre a Prumo Logística e a Oil Taking , que oferece um terminal de transbordo de petróleo abrigado e seguro , que atende as principais petroleiras que atuam no país, além de prever para os próximos anos os serviços de tancagem e tratamento do óleo cru.

O Complexo do Açu a cada dia se consolida como o melhor polo de óleo & gás do Brasil e amplia a prestação de serviços para todo o setor. Com tudo concluído vamos operar no recebimento , transformação e distribuição e com isso vamos fechar um ciclo completo , nos colocando em uma posição de destaque dentro do Brasil.

Nada disso seria possível sem a inteligência do grande empresário Eike Batista que foi capaz de um dia vislumbrar tudo isso em um local que outrora só se tinha areia e um solo quase infértil.

O Brasil precisa de mais homens como o Barão de Mauá e Eike Batista. Homens empreendedores que muitas vezes são tolidos de seus sonhos por um MECANISMO que aparelhou o país , principalmente nas últimas duas décadas.

Forte abraço e até a próxima semana, VICTOR AQUINO.

 

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.