Novo Desenvolvimento Econômico

Novo Desenvolvimento Econômico

03 de Fevereiro de 2020 | 09h14

BRASIL É APLAUDIDO DE PÉ EM DAVOS


A economia do Brasil foi o destaque do Fórum Econômico de Davos. O ministro Paulo Guedes tornou-se o protagonista do evento mundial ao anunciar a recuperação brasileira, fato comprovado pelo FMI e por pesquisas internacionais. (70% da população brasileira mostra-se otimista com a situação econômica das famílias pelo menos para os próximos 5 anos, dizem as pesquisas econômicas).

Alguns especialistas ressaltam, contudo, a necessidade de o País continuar realizando as reformas para recuperarmos a condição de Grau de Investimento junto às entidades financeiras mundiais.

O GRANDE INIMIGO DO MEIO AMBIENTE É A POBREZA.

Paulo Guedes disse que o mundo precisa de mais comida e salientou que é preciso usar defensivos para que seja possível produzir mais. “Isso é uma decisão política, que não é simples; é complexa”, afirmou. Ainda sobre o tema, Guedes disse que a busca dos humanos é sempre pela criação de vidas melhores. Ele ressaltou, porém que “somos animais que escapamos da natureza”. O ministro disse que o Brasil está criando um ambiente melhor para os negócios e que é preciso agora qualificar as pessoas para terem um emprego no sistema, que está mais tecnológico, afinal o Brasil hoje se encontra um pouco atrás em relação as inovações.

O Brasil está criando centros para nos aproximar das atividades do Fórum Econômico Mundial. Um é ligado à promoção da educação, da pesquisa acadêmica e a ligação com as pessoas de negócios. O outro é um acelerador de qualificações. Para Guedes, a inovação vem ocorrendo no mundo por meio de um processo descentralizado, mas a busca é fazer com que o nosso País se integre a esse sistema.  Ele ainda falou sobre as inovações tecnológicas da última geração, que ao contrário do que os americanos dizem, foi o Brasil que criou o avião pelas mãos de Santos Dumont.  Ainda sobre a descentralização, ele citou que Israel se desenvolveu em tecnologia, mas que o país não conta com escala. “Nós temos escala, agora o Brasil precisa investir em educação”.

Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos. Como nosso representante no Fórum Econômico Mundial, o nosso ministro teve diversas conversas com presidentes de multinacionais, fundos de pensão. Ele também teve participou de painéis sobre industrialização e sobre a América Latina em especial.

O mais importante de tudo isso é que o Brasil volta aos poucos a ser respeitado e valorizado perante   ao  mundo, como um lugar seguro para se investir . Enfim o NOVO GOVERNO está conseguindo a criar uma credibilidade que o País perdeu nas duas últimas décadas com a grande corrupção que assolou o país.

 

Forte Abraço e até a próxima semana, VICTOR AQUINO.


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Paulo Romero Cardoso

04/02/2020 | 08h16
Brasil rumo a uma das maiores economias do mundo.

Quem Sou

Victor Aquino

Arquiteto/ Urbanista há 39 anos Sócio do escritório de Arquitetura e Planejamento STUDIO+2 e da ARQHOSPITALAR Superintendente Portuário e Industrial de São João da Barra - RJ victor@arqhospitalar.com.br


Arquivo