Impacto das chuvas altera trânsito e transporte em Macaé

Agentes de trânsito atuam em diferentes pontos a fim de auxiliar os condutores em locais que sofreram as intervenções


12 de Março de 2018

Previous Next

As ações da Prefeitura de Macaé continuam em toda a cidade a fim de reparar os danos causados pelas fortes chuvas. Agentes de trânsito atuam em diferentes pontos a fim de auxiliar os condutores em locais que sofreram as intervenções. A Linha Azul, sentido Aroeira, possui duas pistas com água. Por esta razão, o fluxo segue pelo acostamento. 
 
Na Aroeira, a Rua Vitória Régia e a ponte que dá acesso ao bairro permanecem interditadas. A opção é a Avenida Gastão Henrique Shueller. Também há agentes na Vitória Régia para conduzir o trânsito.

Já no bairro Glória, na Rua Jacyra Tavares Durval, o trânsito está bloqueado. A opção para os motoristas é a faixa reversível na Rua Anna Benedicta.
 
O transporte público também sofreu alterações. Na Linha Azul, o atendimento é feito com restrições e, no Horto, as linhas permanecem sendo desviadas pela RJ-168. O trânsito já está liberado na ponte do Horto, mas a Defesa Civil fará nova vistoria.
 
Na região serrana, o atendimento do transporte público está impossibilitado para: Bicuda (Pequena e Grande), Serra Escura, Sana e Duas Barras. O sistema de baldeação segue em Trapiche, cuja ponte permanece parcialmente interditada.  
 
A Secretaria de Mobilidade Urbana alerta para que os condutores redobrem a atenção e reduzam a velocidade ao passar por trechos que sofreram modificações, a fim de evitar acidentes.
 

Fonte: Secom Macaé


2 COMENTÁRIOS


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Carlos Antonio Rodrigues

13/03/2018 | 13h15
O porque o prefeito Dr Aloísio não constrói um assudi de água para estas águas escoar , e depois tratar estas águas e depois ser utilizável. Já que não tem a onde escoar estas águas . Se não tiver recursos no Brasil busca fora , nos paiz de primeiro mundo.

Angelo

13/03/2018 | 01h23
Na nova malvina não e citada por que? Esta cheia d agua. Mora dores continuam ilha do com a forca da natureza.