Petroleiros da região paralisam trabalho por 48 horas

Uma das reivindicações é contra a reforma da previdência


19 de Fevereiro de 2018 | 08h30

O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (SINDIPETRO NF), a Federação dos Petroleiros e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizam uma paralisação de 48 horas contra a reforma da previdência, cortes de direitos e suspensão da refinaria RLAN da Petrobrás, na Bahia.

Nesta segunda-feira (19/02), os petroleiros realizam ato em frente ao terminal de Cabiúnas, em Macaé. Ao todo, trinta e três plataformas participam do ato.

O coordenador geral do Sindipetro NF, Tezeu Bezerra, falou sobre o movimento. “A adesão foi mais de oitenta por centro no Norte Fluminense. Estamos fazendo esse diálogo, essa conversa com os trabalhadores e justamente pedindo o apoio de todos nessa luta de classe que está posta no nosso país tirando os nossos direitos. Os trabalhadores vão estar juntos, unidos e fortes nessa greve geral”, ressaltou.

 

Fonte: Redação

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.