12 de Fevereiro de 2018 | 12h46

Galhardo foca no retrospecto recente sobre America para fugir da B1

Meia afirma que Goytacaz está vivo no Grupo X, mesmo estando na lanterna


O empate na quarta rodada do Grupo X com o Bonsucesso por 1 a 1 foi o pior dos mundos para o Goytacaz, na campanha feita pelo Alvianil da Rua do Gás no quadrangular da morte do Campeonato Carioca.

Os três pontos conquistados até aqui fazem com que o Goyta esteja na lanterna da chave, a três do America, atual segundo colocado. Restando dois confrontos em casa contra o próprio America e também o Resende, a equipe do Norte Fluminense precisa vencer para fugir da Série B1 deste ano.

Para o meia Gabriel Galhardo, as coisas estão sob controle. Porém, há a necessidade de empenho e de aproveitar a semana livre de trabalho em meio ao Carnaval, para corrigir os problemas e conseguir a primeira vitória no Grupo X e conseguir respirar, para, na última rodada, fugir do rebaixamento. Além disso, o retrospecto recente sobre o rival rubro dá motivação para ele, pessoalmente, e também para sua equipe conseguir sair de campo com os três pontos pela primeira vez.

“Estamos vivos. Não há nada perdido. É só, agora, termos a consciência necessária, descansar e conseguir trabalhar bastante para o próximo jogo. Precisamos fazer os gols que não fizemos contra o Bonsucesso. Este jogo contra o America me traz boas lembranças, já que fiz o gol do título e também fiz um gol na vitória por 1 a 0. É buscar força nestes jogos anteriores e vencer no Aryzão”, falou.

O confronto entre Goytacaz e America acontece no próximo sábado (17/02) às 16h no Estádio Aryzão, pela penúltima rodada do Grupo X do Campeonato Carioca.

 

Fonte: FutRio

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.



veja também