09 de Janeiro de 2018 | 17h15

Prefeitura de Macaé pede que população procure lugar seguro; Ônibus deixaram de circular no município

Segundo a prefeitura, não há ônibus circulando no município. Todos foram recolhidos para a garagem por motivo de segurança


Em função do cenário de guerra nesta terça-feira (09/01), em Macaé, no Norte Fluminense, a prefeitura emitiu nesta tarde um comunicado à população orientando cautela e pedindo que os moradores evitem deslocamentos na cidade.

"Por questões de segurança, a Prefeitura de Macaé orienta aos cidadãos que se mantenham em locais seguros e evitem deslocamentos. As corporações militares estão em operação no município. A Secretaria Municipal de Ordem Pública atua em apoio à Polícia Militar", diz um trecho da nota.

No comunicado, o executivo também informou que não há ônibus circulando no município por motivo de precaução.

"A empresa SIT, por questões de segurança, recolheu a frota para a garagem. Os serviços municipais de atendimento à população mantém funcionamento normal", finaliza a nota.

Os confrontos que resultaram na morte de um policial militar e, em pelo menos 3 suspeitos baleados, começaram na manhã desta terça-feira. Pelo menos dois ônibus foram incendiados em bairros próximos ao 32º BPM. Também houve toque de recolher no comércio e os ônibus deixaram de circular no município.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.



veja também