13 de Novembro de 2017 | 19h06

Mulheres vão às ruas de Campos em protesto contra PEC 181

Com faixas, cartazes e instrumentos musicais, dezenas de mulheres reivindicaram o fim da PEC 181


Nesta segunda-feira (13), dezenas de mulheres fizeram um protesto pelas ruas de Campos contra a PEC 181, que pretende criminalizar o aborto em todos os casos no Brasil, inclusive após estupros.

Com cartazes com dizeres como "Lugar de estuprador não é na certidão" e "é pela das mulheres", as manifestantes percorreram vários bairros da cidade, dizendo não à PEC. 

"Nós estamos na manifestação contra a PEC 181, que proibe uma coisa que já é permitida no Brasil: O aborto em caso de estupro ou em caso de risco para as gestantes. Isso é uma lei muito antiga que, agora, eles querem proibir com essa PEC. Nós estamos lutando para que essa PEC caia", disse Kássia, professora da Rede Estadual de Ensino. 

A PEC foi aprovada por uma comissão mista na Câmara dos Deputados na semana passada. Atualmente o Código Penal permite a interrupção da gravidez em casos de estupro e quando houver risco para a vida da mulher.

Com a aprovação do texto-base, os deputados da comissão passarão a analisar, no próximo dia 21, sete destaques que podem alterar o conteúdo da proposta. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), escreveu no Facebook, nesta sexta-feira (10), que a proibição de aborto em casos de estupro "não vai passar" na Casa.

Fonte: NF Notícias - G1
 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.



veja também