13 de Novembro de 2017 | 18h39

Campista é presa após tentar aplicar golpe do falso sequestro em vítimas do Piauí

Mulher, de 27 anos, moradora do Parque Prazeres, foi presa quando tentava sacar o dinheiro do golpe


Cinco mil reais, esse é o valor que uma campista receberia se conseguisse concretizar o golpe do falso sequestro, em duas vítimas do município de Curimatá, no Piauí. 

A.E.S.C, de 27 anos, moradora do Parque Prazeres, foi até uma agência do calçadão de Campos para efetuar saques que, somados, chegariam à R$ 5 mil. Ao suspeitar do alto valor, já que a conta não movimentava muito dinheiro, a gerência do banco acionou a PM, que foi até o local.

Ao chegarem na agência, os PMs subtenente Pavoni e soldado Rogério, da equipe Bravo, indagaram a suspeita sobre o motivo do alto saque naquela conta. Nervosa, a mulher informou que era uma quantia de herança familiar, mas a mesma não conseguiu comprovar com documentos. Depois de mais alguns minutos e muita insistência dos PMs, a suspeita confessou o crime.

De acordo com a Polícia Militar, a "herança" não passou de mais um caso de falso sequestro.  As duas vítimas, identificadas pela PM em Campos, são moradoras da cidade de Curimatá, município de cerca de 11 mil habitantes, que fica no Sudeste do Piauí. 

Por telefone, a mulher e o homem, que caíram no golpe, contaram aos policiais que uma pessoa teria ligado para eles e informado que um parente deles teria sido sequestrado. Para a liberação dos mesmos, seria necessário o depósito do dinheiro. Inocentes e preocupados com a vida do familiar, as duas vítimas acabaram caindo no mesmo golpe e depositaram os valores na conta da suspeita, em Campos. 

Com a prisão da mulher, o dinheiro será ressarcido às vítimas.

A PM chegou a fazer buscas para prender outros integrantes da quadrilha, mas ninguém foi encontrado. 

A.E.S.C, de 27 anos, vai responder em regime fechado pelo crime de extorsão. Ela será levada para o presídio feminino de Campos.

Fonte: NF Notícias
 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.



veja também