11 de Agosto de 2017 | 16h01

Morre no hospital bebê de 1 ano internada em estado grave, vítima de estupro

Criança recebeu primeiro atendimento no hospital de Bom Jesus do Itabapoana. Caso aconteceu no município de Apiacá, no ES


Morreu às 14h15  desta sexta-feira (11), uma bebê de um ano que teria sido estuprada, no município de Apiacá, no estado do Espírito Santo.

Após contato do NF Notícias, a administração do Hospital Infantil Francisco de Assis, em Cachoeiro de Itapemirim, informou que a criança deu entrada na unidade com um quadro respiratório grave. Após o primeiro atendimento, os médicos identificaram lesões na boca e na região genital da criança. Na tarde desta sexta (11) a bebê não resistiu e morreu.

De acordo com o hospital, o corpo da criança foi encaminhado para o IML de Cachoeiro de Itapemirim, onde será feita uma autópsia para apurar as causas da morte. A família do bebê está acompanhando o procedimento. 

Suspeita de estupro

A menina de apenas um ano de idade foi internada em estado grave na noite desta quinta-feira (9), com um quadro respiratório grave. O caso aconteceu no município de Apiacá, no sul do Espírito Santo.

De acordo com a Polícia Militar, a mãe da criança disse que percebeu algumas marcas no órgão genital ao trocar a fralda da filha. Ela levou a bebê até o Hospital José Monteiro, em Apiacá, e a profissional que atendeu a criança suspeitou de abuso sexual.

A mulher procurou a polícia e apontou um homem de 58 anos como suspeito. Ele é companheiro da avó paterna da criança e mora na mesma casa que a família da vítima.

A bebê foi transferida para o Hospital São Vicente de Paulo, em Bom Jesus do Itabapoana, no Norte Fluminense. De lá, a criança foi encaminhada para o Hospital Infantil de Cachoeiro de Itapemirim onde veio a óbito.

Fonte: Redação NF Notícias/Tribuna Online

9 COMENTÁRIOS


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Cintia

15/08/2017 | 09h16
Tem q mandar matar.. bota no troco vai matando as pouquinho... Esse homem não tem o direito nem de estar respirando.. como faz isso com um anjo.. Brasil tinha q ser igual EUA .. aí da raiva

Djane Clair

13/08/2017 | 10h23
Não tem explicação, isso é caso de pena de morte.... até quando......

Liz

12/08/2017 | 23h16
é muito triste isso doi ate de ouvir estou ??

Sandra

12/08/2017 | 19h45
Monstro desgraçado!! Onde estava a mãe desse bebê enquanto esse VAGABUNDO cometia essa barbaridade? GGR5

Sandra

12/08/2017 | 19h32
Onde estava a mãe desse bebê enquanto esse monstro cometia essa barbaridade?

Alexandre

12/08/2017 | 07h47
Pena de morte na guilhotina este animal.

Marcelo

11/08/2017 | 22h15
A morte pr ele é muito pouco tinha que pegar ele e entregar na mao dos pais da crianca ele tinha que ser cortado em pedacos vivo pr sentir a dor do sofrimento

Andreia

11/08/2017 | 18h19
Eu pegaria esse velho daria muito na cara dele pq é uma criança se queria usar uma mulher pq não foi procurar na rua . Pq tem muitas na rua mais uma inocente olha eu na hora se eu ha visse na minha frente ele ia apanhar muito ..

Andreia

11/08/2017 | 18h15
isso é falta de vergonha desse senhor fazer isso com uma criança que poderia ser neta dele ...se fosse minha filha não perdoaria pq é uma criança eu falo assim pq tenho filhas se acontecesse com minhas filhas eu nao respoderia por mi esse é meu pensar ...


veja também