20 de Abril de 2017 | 16h45

5.969 pessoas são imunizadas na primeira semana de campanha

35 unidades de saúde do município estão realizando a vacinação


Segue até o dia 26 de maio a campanha de vacinação contra a gripe. A Secretaria de Saúde de Macaé já imunizou, nesta primeira semana, 5.969 pessoas. A meta é vacinar aproximadamente 49 mil macaenses que fazem parte do grupo prioritário formado por idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), jovens e adolescentes em medidas socioeducativas.

A gerente de Imunização, Luciana Santos, lembra que o dia D da campanha acontece no sábado, 13 de maio, quando os postos ficarão abertos de 8h às 17h. "É importante que a população alvo, procure o quanto antes uma das 35 unidades de saúde para receber a vacina e ficar protegido",frisou.

Grávida da primeira filha, Alessandra da Conceição disse que a vacina é uma proteção para ela e sua bebê. "Este é um cuidado e carinho que vou continuar oferecendo para minha filha, principalmente depois do seu nascimento", disse.   

De acordo com o Ministério da Saúde, objetivo da campanha é reduzir as hospitalizações e a ocorrência de mortes relacionadas à influenza. Segundo estudos do órgão, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe. Em 2016, o país registrou a maior incidência dos casos de gripe desde a pandemia iniciada em 2009. Mais de 2.200 pessoas morreram no ano passado por problemas relacionados à gripe. De janeiro a abril deste ano ocorreram 48 mortes.

Contraindicações

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. Em doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

Lista das unidades de saúde:

1 - Casa da Vacina;

2 - Pronto Socorro Aeroporto;

3 - Ajuda A- (Rua nove s/n°);

4 - Ajuda B (Estrada do Incra s/n°);

5 - Ajuda C (Rua Projetada 1 s/n°);

6 - Aroeira (Rua Eucaliptos 184);

7 - Aterrado do Imburo (Rua Principal s/n°);

8 - Barra A/B (Rua Calixto Fernandes das Neves, 355);

9 - Barra B (Rua Calixto Fernandes das Neves, 355);

10 - Barreto (Rua dois s/nº);

11 - Botafogo (Rua Lelita Sales, s/nº);

12 - Cajueiros (Rua Marcial Alves Moreira 51);

13 - Campo do Oeste (Av. Venezuela 132);

14 - Engenho da Praia (Av. Lagomar 122);

15 - Fronteira A/B (Rodovia Amaral Peixoto s/nº);

16 - Horto (Estrada do Horto);

17 - Lagomar A (Av. Quissamã s/nº);

18 - Lagomar B/C (Rua w18);

19 - Malvinas A/C (Rua Maria José Mahon Santos n° 1500);

20 - Malvinas B (R. Principal 656);

21 - Morro de São Jorge (Rua Abílio Corrêa Borges 182);

22 - Nova Esperança A/B (Rua São Mateus s/n°);

23 - Nova Holanda A/B (Rua nove s/nº);

24 - Praia Campista (Rua Luiza Lírio do Vale 158);

25 - Virgem Santa (Rua Estrada Virgem Santa s/n°);

26 - Visconde de Araújo;

27 - Clínica da Família Imbetiba;

28 - Areia Branca;

29 - Bicuda Pequena;

30 - Bicuda Grande;

31 - Córrego do Ouro A/B (Av. Miguel Peixoto Guimarães s/n°);

32 - Frade;

33 - Glicério (Rua Arquiteto Luiz Pinto s/n°);

34 - Sana (Rua Principal s/n°);

35 - Trapiche (Rua Comandante Gerson s/n°)  


veja também