Esposa de Guarda Municipal é morta em frente a base da GCM no Ceasa

R$1.500 que estavam dentro do veículo, não foram encontrados depois do crime. Vitima teria reagido ao assalto.


13 de Abril de 2016 | 19h55

Previous Next

Patrícia Manhães Gonçalves Mattos, de 41 anos, esposa de um Guarda Civil Municipal, foi vitima de um latrocínio (roubo seguido de morte), na noite dessa quarta-feira (13), por volta das 18h50, no Parque Boa Vista, em Guarus. A vítima que seria analista judiciária, estava no interior de um carro Chevrolet Spin de cor preta, no estacionamento da GCM, onde funcionou a antiga Ceasa.

Segundo informações da policia, o marido da vitima encontrava-se de folga e teria ido a base apenas para pegar algo. Enquanto o guarda entrou, sua esposa o aguardava do lado de fora. Pouco depois, o marido e demais guardas que estariam trabalhando, escutaram o barulho de tiros e correram para averiguar, quando chegaram encontraram Patrícia baleada no interior do veículo.

Havia a quantia de R$ 1.500 em espécie, no interior do carro, porém esse dinheiro não foi encontrado após o crime. Suspeita-se que ela tenha reagido ao assalto, porém ninguém viu nada que possa relatar com exatidão o ocorrido. Uma testemunha que encontrava-se vigiando um animal em um pasto próximo ao local do crime, informou que avistou 2 elementos a pé próximo ao veículo onde a vítima estava, e de repente ouviu os disparos de arma de fogo, foi quando se jogou ao chão, não tendo observado características físicas ou vestimentas dos suspeitos do crime.

Com dois tiros na cabeça e um no pescoço, Patrícia foi levada pelo próprio marido para o Hospital Ferreira Machado, mas não resistiu e morreu durante o atendimento, logo após dar entrada na unidade hospitalar.

A polícia realizou buscas na área e bairros próximos, na tentativa de encontrar os bandidos, porém não foi localizado.

O corpo da vítima foi removido para o Posto Regional de Polícia Técnica-Científica (PRPTC). O homicídio será investigado pela 146ª Delegacia Legal em Guarus.

 

Reportagem: Renata Guimarães


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.