Carla Machado prova que deixou mais de R$ 14 milhões livres nos cofres da Prefeitura

Documentos oficiais mostram assinaturas do atual controlador do município


08 de Março de 2016 | 10h08

A ex-prefeita de São João da Barra, Carla Maria Machado dos Santos, comprovou o que vem falando há tempos: deixou dinheiro em caixa e com sobra para pagamento de fornecedores e obras em curso. No total, segundo documentos oficiais, ficaram nos cofres da Prefeitura R$ 87.888.952,05 (oitenta e sete milhões, oitocentos e oitenta e oito mil, novecentos e cinquenta e dois reais e cinco centavos). Deste valor, R$ 68.791.797,66 (sessenta e oito milhões, setecentos e noventa e um mil, setecentos e noventa e sete reais e sessenta e seis centavos) estavam comprometidos para honrar com despesas do Governo Cala Machado. Generosa, a ex-prefeita deixou livre para o atual governo a importância de R$ 14.679.273,69 (quatorze milhões, seiscentos e setenta e nove mil, duzentos e setenta e três reais e sessenta e nove centavos) para fazer o que quiser. Mas Neco não fez. Não concluiu obras deixadas por Carla, não fez novas obras, nem nada que justificasse o uso deste valor livre e muito menos os quase R$ 1,3 bilhão que entraram nos cofres municipais desde 1º de janeiro de 2013 até hoje. 

"Deixamos dinheiro, entendeu? Se faltou recurso na Fonte 04 (royalties) para pagar os processos em curso, bastava remanejar da Fonte 00 (receita própria). Este foi um erro material da apropriação da despesa cometido por profissionais que ainda estão no governo. É só perguntar a Júlio (César Nunes Barbosa) atual controlador e Secretário de Fazenda à época. Um prefeito(a) não é obrigado a acompanhar esse tipo de coisa, que é da responsabilidade e competência da Fazenda e do Controle Interno. Todas as minhas contas (08 anos) de gestão vieram com parecer técnico favorável do TCE (diferente dos 02 prefeitos que me antecederam que tiveram da Câmara para mudar o parecer) e se eu tivesse deixado dívidas, eu teria sido responsabilizada devido a Lei de Responsabilidade Fiscal e não teria tido minhas contas aprovadas", comenta Carla sobre comentários levantados pelo atual Secretário de Fazenda.

Carla se diz triste por não ter dado tempo de concluir as obras e cobra do Governo Neco.

"Fico triste é de não ter dado tempo de concluir essas obras e ter deixado esse valor para quem me sucedeu não fazer o bom uso dele. Onde foi gasto o dinheiro que deixamos se nem as obras foram concluídas?", cobra Carla. 

A ex-prefeita aproveitou para responder as alfinetadas do atual Secretário de Fazenda, que lhe fez ataques embustes.

"Esse Secretário de Fazenda Sr. Edson Claudio (Bacharéu em Direito) parece que tem dificuldade de entender de assuntos fazendários ou se faz de bobo para continuar a mentir. Acho que o caos deste desgoverno está relacionada a falta de entendimento de alguns que se acham o máximo e que precisam aprender muito", retrucou.

Carla finalizou ressaltando que integrantes do atual governo que participaram da gestão passada e que tem atacado seu governo (2005-2012) devem aprender a trabalhar, antes de fazer ataques.

"Aprendam a trabalhar antes de jogar pedra em um governo que saiu com quase 90% de aprovação e que vocês que criticam também participaram", finalizou.

 

Fonte: Portal OZK


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.