Deputado Wladimir solicita instalação de hospital de campanha no Exército de Campos

O pedido tem por objetivo de contar com a base militar para tratar pacientes de venham contrair a coronavírus (Covid-19)


23 de Março de 2020 | 18h15

O Deputado Federal Wladimir Garotinho (PSD-RJ) solicitou ao 56º Batalhão de Infantaria (Exército) a instalação de um hospital de campanha. Um ofício foi encaminhado para o Comandante da 2ª Companhia de Infantaria de Campos, Tenente Coronel Luiz Ribeiro de Lyra. O pedido tem por objetivo de contar com a base militar para tratar pacientes de venham contrair a coronavírus (Covid-19).


“Infelizmente o número de casos de cidadãos vítimas da pandemia de coronavírus que assola o Brasil e o mundo, possui uma tendência de crescimento célere em Campos.  E como atualmente a rede de saúde do município encontra-se com grande deficiência, entendo que podemos contar com as Forças Armadas. Por isso peço que peço que o Exército mantenha-se de prontidão para a instalação de um possível hospital de campanha para cuidar de pacientes que porventura careçam de tratamento para se curarem desse vírus”, disse o Parlamentar.


Em Campos foi confirmado nesta segunda-feira (23/03) o primeiro caso do novo coronavírus. No município há outros 14 casos suspeitos sob investigação e acompanhamento da Vigilância em Saúde. A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informa que registrou, até ontem, 186 casos confirmados, 3 óbitos e 10 mortes em investigação por coronavírus (Covid-19) no estado do Rio de Janeiro.


Também visando prestar um melhor atendimento a pacientes com sintomas da Covid-19, o Deputado já solicitou à Secretaria de Estado de Saúde (SES) respiradores em caráter de urgência para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Campos. A unidade possui hoje apenas um respirador e o número de pacientes que procuram por atendimento vem aumentando.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.