Maia destaca reforma tributária como a mais importante para o país

O deputado fluminense considerou que o maior desafio da reforma é convencer setores da economia que ela não representa um aumento da carga tributária


10 de Fevereiro de 2020 | 17h55

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta segunda-feira (10) que a mudança no sistema tributário é a mais importante reforma a ser feita no Brasil. Durante almoço na Associação Comercial do Rio de Janeiro, Maia criticou campanhas contra o projeto, cuja intenção, segundo ele, é travar o debate. 

O deputado fluminense considerou que o maior desafio da reforma é convencer setores da economia que ela não representa um aumento da carga tributária. Maia também avaliou que o Brasil poderia ter crescido 2,5% e não 1% caso não houvesse a insegurança gerada pelos conflitos, já superados, entre os poderes Executivo e Legislativo.

Ao defender as alterações na administração federal, o deputado afirmou que a regra de estabilidade dos servidores públicos não pode ser absoluta e que a promoção não pode ser por tempo de serviço, mas pela qualidade. Maia destacou, no entanto, que o fato de a proposta tratar apenas dos novos servidores, vai diminuir os conflitos e ajudar na tramitação.

Mais cedo, durante café da manhã na Firjan, a Federação das Indústrias do Rio, o deputado disse que espera aprovar a reforma administrativa ainda no primeiro semestre deste ano.

Ainda na Associação Comercial, o presidente da Câmara defendeu que haja mudanças no Regime de Recuperação Fiscal, para facilitar a permanência do Rio de Janeiro no plano e a entrada de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul. Segundo Maia, é preciso uma saída gradual nos últimos três anos, para que os estados não assumam de uma só vez a dívida suspensa durante o regime.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.