Linda Mara se entrega à Polícia Federal, em Campos

Ela será encaminhada para o Presídio Feminino Nilza Santos.


12 de Janeiro de 2020 | 16h22

A vereadora cassada Linda Mara Silva (PTC), de Campos dos Goytacazes, que estava foragida, se entregou à Polícia Federal na tarde deste domingo (12).

De acordo com a PF, ela estava acompanhada de advogados, será ouvida e encaminhada para o Presídio Feminino Nilza Santos.

Ele teve a prisão decretada por conta da condenação oriunda da Operação Chequinho, que investigou a compra de votos nas eleições municipais de 2016.

Linda Mara, Thiago Virgílio Teixeira de Souza (PTC) e Kellenson Ayres Figueiredo de Souza, o Kellinho (PR), foram condenados a cinco anos e quatro meses de reclusão em regime semiaberto, pagamento de multa, perda de seus mandatos de vereador e suspensão de seus direitos políticos.

As prisões foram decretadas no final do mês de outubro de 2019, pelo presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), desembargador Cláudio Brandão de Oliveira.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.