Traficantes são presos com 11 quilos de cocaína em condomínio perto da Uenf

Ao todo dez pessoas foram detidas pela PM no local


14 de Dezembro de 2019 | 10h11

Dez traficantes foram presos com 11 quilos de cocaína em um condomínio na Avenida Alberto Lamego, no Parque Califórnia, próximo a UENF, em Campos, na madrugada deste sábado (14). 

De acordo com as primeiras informações, aproximadamente dez pessoas estavam em uma residência onde a droga foi apreendida. No local foram encontrados cerca de 11 quilos de cocaína já preparados para a venda.

Os suspeitos seriam traficantes da comunidade Tira Gosto. A polícia chegou ao local após uma denúncia anônima.

O caso foi registrado na 134ª Delegacia do Centro.

Nota da Aduenf 

A Aduenf vem a público esclarecer que as últimas notícias veiculadas por mídias locais são inverídicas. A recente manchete “Professor da Uenf e outros 9 homens presos com 11 kg de droga em condomínio” é sensacionalista. A notícia faz referência a um indivíduo que teria se identificado como professor da Uenf ao ser preso. Na verdade, trata-se de um ex-aluno da Uenf. Os estragos são enormes e incalculáveis mesmo com a retificação da matéria. Sem qualquer comunicação com a Universidade para averiguar a veracidade dos fatos, a publica-ção compromete a imagem de uma instituição de ensino superior consolidada no Rio de Ja-neiro e decisiva no desenvolvimento da região norte fluminense. Nossa comunidade soma mais de 5000 alunos na graduação, 1555 alunos em pós graduação. Somos 300 docentes e aproximadamente 600 técnicos atuando em Campos dos Goytacazes, Macaé, Itaocara, São Fidális, Itaperuna, Miracema, São Francisco, Bom Jesus de Itabapoana.

O ano de 2019 foi particularmente grave para as universidades públicas e para educação no Brasil. Mesmo assim, a Universidade Estadual do Norte Fluminense manteve sua excelência a observar indicadores recentes como Índice Geral de Cursos. Construir uma universidade e manter ensino, pesquisa e extensão são desafios cotidianos a considerar as recentes crises vividas no Rio de Janeiro. As universidades vêm enfrentando campanhas difamatórias diari-amente. Sem nenhuma comprovação, somos atacados com falsas notícias cujo objetivo claro é cooperar para destruição do ensino público e de qualidade oferecido à população.

Repudiamos enquanto docentes e pesquisadores que manchetes como esta, comprometam publicamente a imagem de uma Universidade e sua comunidade, seus alunos, professores, técnicos e todos aqueles ligados a nossa instituição.

Diretoria da Aduenf


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.