TJ anula a ação penal contra os ex-governadores Rosinha e Garotinho

Ação foi movida pelo Ministério Público Estadual


12 de Novembro de 2019 | 16h38

Por unanimidade (3 votos a 0), a 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, seguindo o relator, o Desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, anulou nesta terça-feira (12), uma ação penal movida pelo Ministério Público Estadual contra os ex-governadores Garotinho e Rosinha.

“O MP, como manobra, passou um verniz e tentou impor nova ação penal sobre fatos já julgados e suspensos pelo STF. Na mesma ação, o MP requereu a prisão, mas teve seu pedido negado pelo magistrado que, em substituição, impôs medidas cautelares, quais sejam, colocação de tornozeleira eletrônica, proibição de qualquer comunicação com pessoas de Campos e recolhimento noturno. Para a defesa, a medida sempre pareceu ter conotação política”, afirmou Vanildo.

 

Processo 0038308-42.2019.8.19.0000

Fonte: Ascom

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.