Zurich Airport implanta padrão de excelência no aeroporto de Macaé

Estão previstas melhorias na infraestrutura para receber voos comerciais e apoiar os setores de óleo/gás e turismo


06 de Novembro de 2019 | 16h55

A Aeroportos do Sudeste do Brasil S.A. (ASeB) está trabalhando em ritmo intenso para transformar o Aeroporto de Macaé (RJ) em modelo de eficiência na região. A empresa quer aproximar a operação do nível internacional do Grupo Zurich Airport, o novo concessionário. A infraestrutura ficará mais eficaz para pousos e decolagens de aviões e helicópteros. Os serviços seguirão um padrão de excelência, desde a chegada até a saída do usuário. Um dos projetos que já está sendo desenvolvido é a instalação de lojas no terminal de passageiros. A primeira, em fase de negociação, será do setor de alimentação. A expectativa é de que os moradores da cidade também frequentem a área de convivência.

A meta é aumentar o número de viajantes, o volume de cargas e também garantir a satisfação de usuários e parceiros. O processo de transição da gestão da Infraero para a ASeB — empresa 100% brasileira recém criada para administrar os aeroportos de Vitória e Macaé e que é subsidiária do grupo suíço Zurich Airport — teve início no dia 5 de setembro e deverá estar concluído na segunda quinzena de dezembro, quando a empresa assumirá integralmente a operação do Aeroporto de Macaé.

O projeto de qualificação e crescimento do aeroporto chega em um momento de novo aporte do setor de óleo e gás em Macaé. O CEO da ASeB, Matthias Poeter, reitera que a nova concessionária tem o compromisso de melhorar permanentemente a estrutura aeroportuária e oferecer suporte para esta indústria, com segurança.

"A Zurich Airport está participando deste momento de retomada de um setor fundamental para a economia local, que poderá gerar empregos e fomentar o comércio. Entendemos a relevância do Aeroporto de Macaé nesse processo. Estamos muito confiantes em relação aos desafios que estamos assumindo", afirma Poeter.

O executivo adianta que a nova operadora do aeroporto também está atenta ao crescimento do turismo na cidade. "O aeroporto será adequado para acolher os turistas. Incentivaremos os voos comerciais, partindo de várias cidades, e já estamos estudando as viabilidades", explica Poeter.

O Aeroporto de Macaé já está passando por revisão dos serviços de limpeza, manutenção dos equipamentos de ar condicionado, atualização das sinalizações interna e externa e também da acessibilidade para facilitar a movimentação do público.

 

Fonte: Ascom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.